sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Resposta a uma consulta sobre processo de queima de gordura




Pergunta: Pratico exercícios a muito tempo e não emagreço, como pouco e não emagreço, como funciona a queima de gordura?

Minha resposta:
Para início de conversa temos que compreender como nosso corpo utiliza e queima a gordura.
Se este processo fosse simples ou fácil não haveria problema de obesidade no mundo.
A gordura, assim como os açúcares, são elementos essencialmente energéticos, ou seja, existem para que nosso corpo consiga ter energia para suas atividades cotidianas. Fica fácil de entender que se a gordura é uma fonte de energia, é só fazermos algum tipo de atividade que iremos gastar dessa energia.
Então pronto! É isso... Infelizmente não. Em cada tipo de situação o corpo privilegia o armazenamento da energia e quando você faz uma atividade física, o corpo começa a reduzir o gasto de gordura e a aumentar o gasto de açúcares.
É um balanço entre nossa alimentação e o gasto calórico que faz o nosso corpo entrar em forma.
Por exemplo, temos que andar quase trinta minutos para perder apenas uma fatia fina de um bolo.
Outra coisa interessante, toda vez que você aumentou a freqüência cardíaca aumentou o consumo de açúcar e diminuiu a consumo de gordura.
O corpo tem dessas coisas...

Agora, pense na seguinte experiência: em dois potes com a mesma quantidade de álcool e de óleo é colocado fogo. O que acontece é que enquanto nem conseguimos fazer o óleo pegar fogo, o álcool já acabou. Para o óleo pegar fogo é necessário esquentá-lo primeiro. Só assim conseguimos fazê-lo pegar fogo. Note que o álcool acaba rapidamente ao contrário do óleo.
Duas conclusões são importantes: a primeira é que o álcool gera energia por um curto período, enquanto o óleo mantém a geração de energia (ou seja, fica pegando fogo) por mais tempo. E que é muito mais fácil consumir a energia do álcool do que do óleo (que necessitou ser aquecido).

O corpo queima quimicamente a gordura (tal qual o óleo) e o carboidrato (tal qual o álcool), para aproveitar a energia gerada nas atividades de nosso cotidiano.
Durante o dia o corpo prefere usar a gordura para nossas atividades e quando fazemos exercícios, aonde precisamos de energia rapidamente, o corpo começa a usar do açúcar a ponto de que num exercício extenuante o corpo usa praticamente apenas o açúcar.

Então, o negócio é ficar sentado que estamos emagrecendo? Isto é uma verdade. O problema é que comemos. Você sentado o dia inteiro irá usar algo em torno de 100 g de gordura que correspondem a aproximadamente 800 calorias.

O pior é que o corpo humano consegue fabricar a sua própria gordura.

Enfim: queimar gordura é uma ciência.