terça-feira, 18 de março de 2008

Para falar a língua das academias: Terminologia parte 1

PEITO: Peitoral maior e menor, Subclavicular, Esternocleidomastoideo e músculos da caixa do toráxica.

DORSAL: Dorsal maior, Trapézio, Erecto Espinais, Redondo maior e menor, Infraespinoso, Supraespinoso, assim como uma diversidade de pequenos musculos que envolvem as Omoplatas e Escápulas.

LOMBARES: Lombares, Erecto Espinais, Quadratus Lombares, Psoas Ilíaco, etc....

ABDOMINAL: Recto Abdominal, Intercostais, Oblícuos externo e interno, Psoas Ilíaco...

OMBROS: Deltoides, Trapézios, Rotadores interno e externo.

TRICEPS: Tríceps brachial, Ancóneo

BICEPS: Biceps brachial e brachial e pela extensão os músculos do antebraço.

QUADRÍCEPS: Vasto Interno e Externo, Recto Femural e Adductores.

FEMORAL: Biceps Femoral, semitendinoso e Semimembranoso, Recto Femural, etc....

GLUTEOS: Glúteos maior, médio e menor, Quadrado do fémur, etc....

GÉMEOS: Gastrocnemios, Sóleos e Tibiais.

E exercitando:

 TREINO: Em tese é o que você faz na academia, é a seqüência de exercícios realizados, o objetivo principal da academia é fornecer uma ambiente adequando para que você possa treinar seu corpo.

 ROTINA: É a distribuição de divisões muscular, de treinos ao longo do tempo, de forma que ao chegar no final da mesma você a reinicia ou começa nova rotina, exemplo de rotina:
Treino A (ou 1): Pernas.
Treino B (ou 2): Peito, Ombro e Tríceps.Treino C (ou 3): Costas Bíceps e Antebraço.