domingo, 31 de agosto de 2008

Cuidado com a fascite plantar

As lesões em corredores são bastante comuns. Algumas delas têm tratamentos mais fáceis, mas outras exigem maiores cuidados e um tratamento mais longo. Infelizmente, a fascite plantar é uma das lesões mais comuns -- e o processo de recuperação é difícil, por ser uma lesão que acomete justamente a planta dos pés, uma região necessária não somente para a corrida, mas também para a locomoção. A lesão que causa a talalgia, dor na região do calcanhar, ocorre principalmente em indivíduos que apresentam distúrbio postural dos pés e que passam a praticar corrida por longos períodos. A definição clássica de fascite plantar é uma inflamação da fáscia plantar, uma membrana que fica na região da planta do pé.

A fascite plantar tem como característica principal uma forte dor localizada, particularmente na primeira pisada pela manhã ou ao levantar-se após longo período sentado. A queixa mais comum para quem está lesionado é que o primeiro passo do dia é o mais dolorido. Depois a dor diminui com o passar do tempo. Se você apresenta sintomas como os descritos acima, procure imediatamente um médico ortopedista. Nada de ingerir remédios ou fazer tratamentos por conta própria.

Enquanto o problema persistir, é preciso ter paciência: algumas lesões permitem que o praticante continue correndo, desde que diminuindo a duração e a intensidade. Muitos médicos e fisioterapeutas, porém, preferem suspender as corridas durante o tratamento da fascite plantar.