segunda-feira, 3 de novembro de 2008

História do fisiculturismo no Brasil

DEFINIÇÃO

Esporte que visa desenvolver tamanho muscular entre definição, proporção simetria estética e harmonia.

ORIGENS

O Culturismo surgiu do halterofilismo competitivo na década de 1940 através do halterofilista canadense Josef (Joe) Weider, cuja iniciação no culturismo aconteceu em 1939, quando ele por acaso teve acesso a uma revista de halterofilismo, muito praticado na época. Joe decidiu então construir e modelar seu corpo com o propósito de afugentar e se proteger dos tipos brigões que assolavam a vizinhança onde morava em Montreal.

Foi a um ferro-velho onde forjou duas barras com anilhas a partir de rodas e eixos de automóveis e começou a treinar em casa. Quando começou a notar o aparecimento dos resultados de seu treinamento, convenceu-se de que, como ele, outras pessoas gostariam também de se beneficiar do treinamento com pesos.

Com os $7,00 que tinha, Joe iniciou a publicação de um informativo chamado 'Your Physique'. Um ano depois, definiu seu esporte como algo diferente do halterofilismo de competição, que implicava no tipo de treinamento que utiliza especificamente movimentos compostos, cujo único propósito era desenvolver tamanho muscular em uma proporção equilibrada, dentro de determinados padrões que seguiam determinadas regras.

Seus métodos eram empíricos, já que observava, estudava e mesclava técnicas de halterofilistas uma vez que a ciência do treinamento desportivo e a fisiologia de exercício ainda estavam em seu início.

Logo descobriu que o êxito para este novo esporte se baseava antes de tudo em velocidade, técnica e, sobretudo, potência, porque ajuda o desenvolvimento físico.

Preocupado também com a alimentação dos atletas, Joe pesquisou fontes de nutrição que acreditava ser alimentação saudável, como, por exemplo, uma taça de aveia com fruta cortada em pedaços, acompanhada de suplementos.

O treinamento com pesos e a dieta adequada seriam a medicina preventiva do século 21. Treinamento com pesos é um requisito prévio para melhorar o rendimento em todos os esportes.

Uma dieta baixa em gordura, rica em proteínas de alta qualidade e carboidratos complexos complementaria a parte nutricional dos atletas do culturismo e da musculação que desejem aumentar a massa muscular.

SOBRE A IFBB

A IFBB é membro da General Association of International Sports Federations (Associação Geral das Federações Internacionais de Esporte - GAISF).

É reconhecida pelo Conselho Olímpico da Ásia e pelo Conselho Supremo para o Esporte da África.

É também reconhecida e participa nos seguintes eventos: Jogos Pan-Americanos, Jogos Sul-Americanos, the Southeast Asia Games (Jogos do Sudeste da Ásia), the Asian Games (Jogos Asiáticos), the Central American Games (Jogos da América Central), the Caribbean Games (Jogos do Caribe), the Arab Games (Jogos Árabes), the South Pacific Games (Jogos do Pacífico Sul), the African Games (Jogos Africanos) and the World Games (Jogos Mundiais).

1945 - Joe e seu irmão Ben Weider fundaram as empresas que ainda existem até hoje: a Weider Sports Equipment Limited e a Weider Health and Fitness no Canadá e nos Estados Unidos.

1949 - A revista "O Cruzeiro" era órgão de maior popularidade na imprensa e as inesquecíveis Chanchadas da Atântica eram as fitas campeãs de bilheteria nos cinemas.

Ambos já exibiam em suas páginas ou nas telas os ecos da Musculação "O Cruzeiro" publicou várias reportagens dos Campeonato nacionais não oficializado, e o cinema mostrou em seus filmes alguns dos mais notáveis atletas.

Foi graças a seus músculos que Jardel Filho, Hélio Souto, Dary Reis, Felipe Carone, entre outros.

Lançaram-se à carreira cinematográfica.

O futuro veio mostrar Jardel, campeão carioca de Musculação, teve durante toda sua carreira, uma identificação imediata com sua forma física, tendo sido um dos mais talentosos atores dramáticos que o Brasil conheceu.

1945 - João Batista venceu o tornei organizado pela ACM:

1946 - realização do 1º Mr. Canadá em outubro num grande teatro de Montreal e fundação da Federação Internacional de Culturismo (International Federation of BodyBuilders - IFBB), primeira organização oficial que lançou o culturismo como esporte independente e internacional.

1947 - Primeiro Campeonato Brasileiro de Musculação. Lourival dos Santos é o vencedor.

1948 - 2º Campeonato Nacional de Musculação: Campeão Cláudio Flávio de Magalhães ( RJ )

1949 - 3º Campeonato Nacional de Musculação: Campeão João leal Filho (PE ) 1950 - 4º Campeonato Nacional de Musculação: Campeão João Werneck ( RJ )

1959 - International Federation of Body Builders, lança o primeiro Campeonato Mundial Amador ( Mr. Universo ) na Cidade de Montreal no Canadá, tendo como vencedor Ediee Sylvestre ( México )

1963 - Fundadas: a Federação Paulista de Culturismo e a Confederação Brasileira de Culturismo (CBC), independentes do Levantamento Olímpico por Doutor Amador Paes de Almeida ( Juiz do Trabalho ),Halem Chatti ( Oficial Médico da Polícia Militar ), Comendador Hermelindo Paschoal Angotti.

1965 - Foi realizado o 1º Mr. Olímpia denominado Culturismo profissional da IFBB tendo como vencedor Lerry Scott

1969 - A retomada das competições: Nova fase do Campeonato Brasileiro de Culturismo: Brás Silva sagra-se campeão.

1971 - à década de 80- Surgiram os consagrados campeões da década como: Brás Antonio Silva, Ney Pradiee, Emilio Fontora, Frederico Bittar, Benedito Honório Gonçcalves, Carmelo de Castro, EduardoCuadal, Ricardo Cruz, Luiz Otavio de Freitas entre outros

1976 - O Conselho Nacional de Desportos (CND) reconhece a Confederação Brasileira de Culturismo (CBC), já tendo o Dr. Laércio Martinez como presidente.

1977 - Registro de toda documentação de fundação da CBC.

1978 - A Confederação Brasileira de Culturismo é reconhecida como CBC no Conselho Nacional de Desportos (CND) e filiada a International Federation of Body Builders (IFBB), World Arm Wrestling Federation (WAWF) e (International Powerlifting Federation (IPF).

Década de 1980 - Participação do Brasil em Campeonatos Mundiais de Musculação nos seguintes países: México, Filipinas, Egito, Bélgica e Cingapura.

1987 - Luis Otávio de Freitas foi Campeão Mundial na Espanha e Wilson Santos Campeão Ibero-Americano no Uruguai. Início da primeira revista especializada em musculação (Revista Mr.Vigor -Musculação Desportiva). Iniciam-se também nesta década os Cursos de Formação de Instrutores ao mesmo tempo em que há uma expansão na musculação, com o surgimento das Fábricas de Equipamentos e Fábricas de Suplementos Alimentícios.

1990 - A CBC passa a ser chamada de Confederação Brasileira de Culturismo e Musculação (CBC-M), conforme processo do CND, com objetivo de incentivar a prática da musculação com peso. Surgem novos atletas do culturismo.

1994 - A CBC-M implanta oficialmente o controle de antidoping na modalidade, atrás do presidente mais jovem do país com 24 anos de idade, Alexandre Pagnani

1995 - Início da realização do Olímpia Fitness em caráter profissional, em seguida o culturismo é aceito como esporte de exibição nos Jogos Pan-Americanos em Mar Del Plata na Argentina.

O Brasil conquista duas medalhas de prata com dois atletas: José Carlos Souza Santos - SP e Marilandio Ponchet - SP.

1997 - O atleta José Carlos Souza Santos da categoria até 65 Kgs é 3º Colocado nos Jogos Mundiais na Finlândia e Campeão Mundial (Mr.Universo) na República Slovakia (Bratislava).

1998 - O Comitê Olímpico Internacional reconheceu a IFBB oficialmente em 30 de janeiro. O atleta José Carlos Souza Santos é Vice Campeão Mundial na Turquia (Izmir).

1999 - Ocorre a primeira profissionalização de atleta feminino no culturismo: Monica Helena Martins - SP, que vive nos Estados Unidos, mais tarde 2000 mais uma atleta é profissionalizada no culturismo feminino na década de 1990: Ângela Debatin - SP, que conquistou uma classificação histórica para o Brasil 3º Colocada no Miss Olímpia que é a maior competição que existe entre os atletas profissionais.

1999 - José Carlos Souza Santos é Bi- Campeão Mundial (Mr. Universo) na República Checa (Praga) e Campeão Pan-Americano pela Federação Internacional - Mogi das Cruzes.

2000 - O atleta José Carlos Souza Santos é o 3º Colocado na Malásia (Malaca).

2001 - O atleta José Carlos Souza Santos é Tri-Campeão Mundial - Yangol Neste período Pagnani profissionaliza o segundo atleta masculino que vive do esporte sem sair do País Omar Josefe _ PE, seqüencialmente surgi uma atleta Brasileira em que vive na América a mais de 26 anos e nunca representou os USA em competições internacionais mesmo tendo dupla nacionalidade, segundo seu objetivo era representar o Brasil, foi quando a CBC-M consegui profissionalizar Karina Nascimento atleta Culturista que também conquistou 3º colocação no Miss Olímpia, passado um tempo surgi um atleta com uma genética perfeita para entra no mundo dos profissionais do culturismo Miguel de Oliveira a sensação do Brasil , considerado por muitos uma das grandes esperança para o País, atualmente vive na Bahia.

Mais tarde uma nova surpresa de todos nós surgi uma outra atleta a ser profissionalizada no mundo do culturismo subdividido com uma nova modalidade chamada Figure. Simone Moura foi a ultima atleta a ser profissionalizada neste últimos anos, ela vive na América cerca de 20 anos e diz que o Brasil é tudo na América. .

José Carlos Souza Santos Vice Campeão Mundial do Jogos Mundiais no Japão ( Aquita)


2002 - José Carlos Souza Santos Tetra Campeão Mundial - Egito ( Cairo )

2003 - José Carlos Souza Santos Vice Campeão Mundial - Índia ( Mumbai ) - Culturismo entra para Jogos Panamericano com demonstrativo em Santo Domingo - José Carlos Souza santos : Campeão do Jogos Pan-americano. - Brasil conquista melhor Classificação no Miss Fitness uma nova modalidade esportiva integrada ao culturismo, com atleta Rosana Muller Situação atual: a IFBB é a sexta maior federação esportiva do mundo e tem hoje 198 países membros, onde a musculação e o fitness são considerados fator importante para a saúde dos indivíduos

O culturismo é um esporte de medalhas em 11 Jogos regionais e internacionais reconhecido oficialmente em mais de 100 Comitês Olímpicos Nacionais.

Aproximadamente mais de 175.000 pessoas estão registradas no mundo como competidores amadores dentro IFBB. No Brasil, há hoje 24 estados com federações filiadas, 2.700 atletas participantes de competições regionais por ano, 17,000 academias de musculação, e um número estimado de 18.000 culturistas.

CRITÉRIOS DA MODALIDADE

Os critérios que definem um atleta campeão no culturismo são os seguintes: volume muscular, definição, proporção, simetria, estética e harmonia. Dentro este critério somente se aplicam alguns itens para as subdivisões de modalidades relacionadas ao culturismo tais como:

(a) Miss Fitness - modalidade em que a atleta deve mostrar

(i) tônus muscular, não totalmente definido como no culturismo, através de uma

(ii) performance atlética,

(iii) bronzeamento da pele,

(iv) estética e

(v) beleza facial, tudo isso numa primeira etapa de 3 a 4 rotinas, dentre elas a rotina de coreografia de 90 segundos, demonstrando flexibilidade, força, sincronismo, movimentos de grau dificuldade e evolução.

(b) Body Fitness: modalidade que avalia a estética corporal seguida de tônus muscular, cor da pele, além de troca de trajes exigidos pela arbitragem. Tal modalidade tem como objetivo selecionar a atleta que tão somente executa exercícios de musculação em busca de um corpo perfeito

Categorias: Culturismo Masculino:

Até 65 Kgs,
Até 70 Kgs,
Até 75 Kgs,
até 80 Kgs,
Até 87,5 Kgs,
Até 95 kgs,
acima de 95 Kgs

Culturismo Feminino Senior:

até 52 kgs,
até 57 kgs e
acima de 57 Kgs 

Culturismo Juvenil Masculino:

até 80Kgs
+ de 80 kgs

Culturismo Máster acima de 40 anos:

até 80 Kgs
+ 80 Kgs e

Acima de 50 anos
Culturismo Máster Feminino 35 anos, categoria única Miss Fitness:

até 1.58 cm,
até 1.64 cm e
acima 1.64 cm

Body Fitness:

até 1.64cm
acima de 1.64cm

ATLETAS PROFISSIONAIS:

1) Mônica Helena Martins
2) Ângela Debatin
3) Omar Josef
4) Karina do Nascimento
5) Miguel de Oliveira
6) Simone Moura
7) Edson Prado

ATLETAS DO CULTURISMO DESTAQUE AMADOR INTERNACIONAL:

1) José Carlos Souza Santos - SP ( categoria até 65 Kgs )
2) Romenildo SilvA - BA ( categoria até 70 kgs )
3) Luiz Sarmento - ES ( categoria até 75 kgs )
4) Gleison Souto - MG ( categoria até 90 Kgs )
5) Fernando lelles - BA ( categoria acima 90 Kgs )

DESTAQUE CULTURISMO FEMININO INTERNACIONAL AMADOR

1) Ana Claudia Macedo

DESTAQUE FITNESS INTERNACIONAL:

1) Rosana Muller
2) Juliana Malacarne

NÚMEROS DE FEDERAÇÕES FILIADAS:

01) São Paulo ( desfiliado por não aceitar o programa de exame antidoping, além de manter dupla filiação com outra organização internacional).
02) Rio de Janeiro
03) Espírito Santo
04) Minas Gerais
05) Paraná
06) Santa Catarina
07) Rio Grande do Sul
08) Brasília
09) Goiás
10) Bahia
11) Ceará
12) Pernambuco
13) Paraíba
14) Sergipe
15) Rio Grande do Norte
16) Maranhão
17) Belém do Pará
18) Amazonas
19) Amapá
20) Piauí
21) Mato Grosso
22) Alagoas
23) Roraima

Estados que sediaram o Campeonato Brasileiro desde 1969 N° de vezes:

São Paulo 15
Bahia 1
Rio Grande do Sul 3
Rio de Janeiro 2
Pernambuco 1
Minas Gerais 1
Ceará 2
Brasília 2
Amazonas 1
Goiás 3
Paraná 1
Espírito Santo 1

Presidentes de fato e de direito: " ou seja possui registro no cartório de títulos e documentos "

Dr. Alen Chatti
Dr. laercio Martinez
prof. Alexandre Pagnani

Ex-presidente: "somente de fato mas não de direito, por motivo de nâo existir registro oficial no cartorio de títulos e documentos"

Prof. Eugênio Francisco Koprowski
José Maunel Correia

Fonte: http://forcemuscle-artigos.blogspot.com/2007_05_13_archive.html