quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Exercício na terceira idade


surfistas-idosos-abre
Gostaria de homenagear nesta semana, o profissional da Educação Física. No dia 1º de setembro comemora-se o dia deste profissional e quero aproveitar para falar um pouco sobre um dos trabalhos mais importantes que um educador físico pode desenvolver: ginástica para a terceira idade.

A questão da longevidade é um assunto que ganha espaço e importância a cada dia. Com o avanço da medicina e dos cuidados com a saúde, a população idosa tem crescido muito nas últimas décadas e com isso os educadores físicos têm papel fundamental. Eles ajudam a melhorar a condição física e com isso a qualidade de vida dessas pessoas. Afinal, ninguém quer ficar dependente. É importante que o idoso tenha plena condição de andar, subir escadas, enfim de movimentar-se com toda segurança e autonomia. Para explorar melhor o assunto, conversei com um profissional que está nessa área desde 1985, o professor Carlos Afonso:

Como você chegou a este público?

Através de um clube onde trabalho até hoje. Eu conheci um senhor que sofria muito com sequelas deixadas por um Acidente Vascular Cerebral (AVC ou derrame). Comecei a estudar o caso, a doença e conversei bastante com o médico dele.

surfistas-idosos-1Como foi a experiência?

Com aquele caso eu percebi que os idosos sempre foram carentes de uma orientação física mais específica. Notei a frustração das pessoas que chegavam na terceira idade e não conseguiam mais praticar suas atividades preferidas. Eu ficava incomodado quando ouvia alguém dizendo algo como: "Adoraria jogar tênis, mas não consigo mais!".

Que tipo de orientação e exercícios você passava para esta população?

A base dos programas para a terceira idade explora bastante a musculação, através de aparelhos e exercícios que permitem grande controle das cargas e dos movimentos. E, no decorrer dos anos, eu fui me atualizando através de cursos no Brasil e no exterior. Fui acrescentando novas técnicas ao meu trabalho. A cada aprimoramento que fazia nos programas, notava resultados ainda mais positivos. E sempre procuro atuar em conjunto com outros profissionais da área da medicina, fisioterapia, etc.

surfistas-idosos-2Quais são os principais benefícios que atividade física traz para o idoso?

São inúmeros. Vou citar os principais, em duas esferas: a física e a emocional.
Físico: aumento da força muscular, da densidade óssea (a osteoporose acomete muitos idosos, podendo provocar fraturas), melhora do equilíbrio, coordenação. Enfim, promove ganhos para que o indivíduo possa realizar com maior independência e menor risco de acidentes as atividades do cotidiano. Aliás, a maioria dos meus alunos se queixa justamente da perda de sua autonomia e buscam restabelecê-la.
Emocional: diminuição da depressão, mais alegria, aumento da auto-estima, maior desejo de convívio social e maior autoconfiança.

Quais são suas dicas para se cuidar melhor na terceira idade?

Nunca descuide de sua saúde. Vá regularmente à consultas médicas, realize exames preventivos. Mexa seu corpo, praticando atividade física sempre. Ande, realize tarefas domésticas (limpar, varrer, etc.). Evite o isolamento social, participando de reuniões e eventos onde possa conversar e se divertir com muitas pessoas. Leia e escreva, para manter seu raciocínio. E, se possível, tenha a orientação de um educador físico especializado no grupo da terceira idade.

Email : profcarlosafonso@hotmail.com

Por Renato Dutra