sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Loana Muttoni - Do Fitness ao BodyFitness


Loana Muttoni 















Treinador: Fabiano Rhein 
Altura: 1,58
Peso: pre-contest: 57kg/ off season: 64kg
Profissão: Personal Trainer
Patrocinador: DNA Suplementos www.dna.ind.br
Principais Títulos:
Campeã Sul Americana de Bodyfiness 
Campeã Absoluta de Bodyfitness
2x Campeã Mundial de Fitness
3x Campeã Brasileira de Fitness
Campeã Sul Americana de Fitness

Caros internautas da Fisiculturismo.com.br aqui estamos de volta com nossa série de matérias sobre as renomadas atletas do fisiculturismo feminino no Brasil. Neste inicio de ano vamos destacar o trabalho de uma atleta irreverente e mutante: Loana Paula Muttoni, filha de argentinos radicados no Brasil, é nosso destaque do mês.

A escolha da atleta deu-se em função de sua importância e visibilidade no cenário internacional. Loana Muttoni começou sua trajetória na NABBA Brasil, iniciando seus treinamentos para o Fitness em 2003. Já em junho do mesmo ano participou de sua primeira competição: Campeonato Paulista de Estreantes, na qual saiu vitoriosa, dando inicio a uma carreira cheia de conquistas e alegrias. O repertório atlético possibilitou essa rápida inserção no fisiculturismo, pois aos 14 anos, Loana iniciou um trabalho em Patinação no Gelo, tornou-se, logo em seguida membro da Federação Americana de Patinação Artística no Gelo nos Estados Unidos.

Loana MuttoniEsse trabalho, somado a sua simpatia, espontaneidade e graça colaboram, em parte, para sua seleção como professora de patinação do jogador de vôlei Tandi, na participação do quadro Dança no Gelo 3, realizado pela Rede Globo de Televisão, no programa do Domingão do Faustão em 2007 (BIOGRAFIA, 2008).

Este tipo de atuação possibilita uma visão positiva do fisiculturismo feminino, além de dar grande visibilidade a atleta, que durante alguns meses foi vista por milhares de brasileiros. A participação de atletas fisiculturistas em programas televisivos e em cinema é corrente nos Estados Unidos, onde o esporte assume um valor maior. Autoras como Hargreaves (2000) e Bolim (2001) Todd (2006) são, atualmente, representantes de pesquisas relevantes sobre a participação feminina nos esportes entre os norte-americanos, dando destaque e visibilidade às atletas e aos esportes femininos.

Ao falarmos no Brasil ainda vemos uma lacuna no que se refere ao histórico da participação feminina nos esportes, principalmente no Fisiculturismo. Escrever sobre o fitness sem citar a presença constante de Loana nas competições seria injusto, tendo em vista a repercussão de seu trabalho.

Fazendo um breve histórico da sua participação em competições, é possível destacamos os seguintes títulos: Campeã Brasileira NABBA (2005), Campeã Mundial NABBA (2005), Campeã Universe NABBA (2005), Campeã Brasileira IFBB (2006), 4th Mundial IFBB (2006), Campeã Sul-Americana IFBB (2006), 3th Mundial Fitness IFBB (2007) e 4th na competição amadora "Fitness short class", no tradicional evento: Arnold Classic, Vice-Campeã brasileira e sul-americana (2008), além é claro de sua estréia espetacular no bodyfitness: Campeã Sul-Americana e Absoluta (2009).

Além disso, Loana foi duas vezes capa do Jornal da Musculação & Fitness (JM&F). Ela é, ainda, colaboradora da Revista Combat Sport; elementos que a caracterizam-na como uma atleta atuante em diversas frentes de trabalho.

Sua presença na mídia, somada aos seus resultados em competições internacionais, bem como, o grau de dificuldade dos elementos ginásticos em suas coreografias foram os critérios para a escolha da atleta para um estudo que apresentamos em congressos na área da educação física. Na ginástica olímpica elementos como: reversão para frente ou para trás, roda, parada de mãos, rolamento para trás grupado, salto estendido com giro 360° e seqüência de 3 saltos são pontuados com nível 1.

Loana MuttoniQuando levados para uma coreografia fitness, os elementos são avaliados no conjunto, porém nas duas competições analisadas nota-se que o grau de dificuldade é sempre alto. Parada de mãos, estrela e saltos já são quase sempre presentes nas suas coreografia. Somado a isso os saltos com as pernas estendidas com abertura total, salto grupado e salto com giro são elementos que encontramos com freqüência nas rotinas da atleta. Sempre preocupada com a qualidade de suas apresentações, a atleta recorre ao treino especifico com profissionais capacitados para preparação técnica.

Loana Muttoni é um exemplo de dedicação que leva ao sucesso, em pouco tempo de trabalho conquistou grandes títulos internacionais, isso em parte pela preocupação com a qualidade e capacitação dos profissionais que a cercam. As ginásticas, tanto olímpica quanto a rítmica e aeróbica, definem uma boa bodybuilder da categoria fitness. O treino deve ser constante, pois, adquirir habilidade especifica destas ginásticas requer tempo e dedicação, qualidades presentes na atleta de nosso estudo.

A categoria fitness, no entanto, exige um treinamento especifico de força explosiva preparando-a para os saltos, além de flexibilidade e força. Todo esse repertório faz com que a preparação de uma atleta para o fitness seja dividida em pelo menos 4 tipos de treinos diferenciados: o treino com pesos, a ginástica olímpica, a coreografia e o treino aeróbio.

Somando-se esses fatores e o tempo de competições, que como escrevemos no inicio, foi inaugurado em 2003 por Loana, levou-a a competições na categoria Body-fitness em 2009. Em parte pelo estresse físico e psicológico causado pelo fitness, em parte pela maturidade muscular adquirida ao longo desses 7 anos competindo sem intervalos.

Sua estréia foi espetacular e demonstrou uma qualidade muscular que ficava ocultada pelo excesso de trabalho e disponibilidade de tempo para treinamento exigido por aquela categoria.

REFERENCIAS:

BIOGRAFIA de Loana Muttoni. Disponível em: <http://www.loanamuttoni.com.br>. Acesso em: agosto de 2008.

BOLIM, Anne. Bodybuilding. CHRISTENSEN, K ; GUTTMANN, A.; PFISTER, G. (Orgs.). Internacional encyclopedia of women and sports. v. 1, New York : Macmillan Reference USA, 2001.

GIANOLLA, Fabio. O Fitness. Disponível em: <http://www.nabba.com.br>. Acesso em: 04 de dez de 2005.

______. Musculação: conceitos básicos. Barueri: São Paulo: Manole, 2003.

GUIMARÃES NETO, Waldemar. Loana Muttoni: o segredo da boa forma. São Paulo: Phorte editora, 2008b.

LESSA, Patrícia. Mulheres e esportes de força. In: JORNAL DA MUSCULAÇÃO & FITNESS. a. X, n.57, p.60-64, mar/abr. 2005.

______; OSHITA, Tais Akemi Dellai. Bodybuilders ou Cyborgs? A reinvenção do corpo feminino. Anais do Seminário Corpo, Gênero e Sexualidade: discutindo práticas educativas. Porto Alegre: UFRGS, 16-18 mai. 2007.

TODD, Jan. The origins of weight training for female athletes in North América. Disponível em: <http://www.la84foundation.org/Sport Library/IGH/IGH0202b.pdf>. Acesso em: mar. 2006.

Loana Muttoni

Loana Muttoni

Loana Muttoni

Loana Muttoni

==============================================