segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Pés detonados: saiba como recuperá-los após o Carnaval


  • Seja em um salto alto ou com um tênis superconfortável, correr atrás dos blocos, pular e sambar todos os dias de Carnaval, detona qualquer pé. Ou você não lembra da última quarta-feira de cinzas em que não conseguiu pisar no chão ao acordar? Além disso, o pé é uma área onde estão terminações de feixes de energia que estão ligados a todo o corpo, de acordo a reflexologia. Ou seja, sobrecarregar os pés pode acarretar problemas ainda maiores, como dor nas costas, nos quadris e na cervical. 


    Então, assim que a folia acabar, reserve um tempo para recuperar seus pés. "Um simples escalda-pés (não indicado para diabéticos) é capaz de milagres. O calor da água puxa a circulação para os pés, o que ajuda a esfriar até a cabeça", sugere o podoterapeuta Luiz Pedreira, fundador da rede Spé, O Spa do Pé

    Confira aqui algumas dicas:


     - Coloque os pés em uma bacia de água quente por 5 minutos. Passe-os para outra, de água fria, por 30 segundos. Repita a imersão três vezes. 

    - Com os pés secos, espalhe um creme hidratante e faça uma massagem por 10 minutos com movimentos de deslizamento.

    Sente-se e apoie o pé numa bola de tênis, e faça movimentos para frente e para trás - do calcanhar às pontas dos dedos.

    - Colocar as pernas e os pés para o alto por cerca de 15 minutos é bom para evitar inchaço. E é ótimo ativar a circulação. 

    Alongamentos: 

    - Lateral do pé – Sente-se confortavelmente com uma perna cruzada sobre a outra. Segure a frente do pé e puxe os dedos para dentro, em direção a você. Fique na posição por 3 ciclos respiratórios, depois puxe os dedos para fora, permanecendo na posição por 3 ciclos respiratórios. Relaxe e repita com o outro pé. 

    - Círculos com tornozelo – Movendo os dedos do pé no sentido horário, trace a forma de um grande círculo. Rode o pé 5 vezes no sentido horário e depois repita no sentido contrário. Repita com o outro pé. 

    - Dedos do pé para trás – Sente-se e erga o pé. Segure o calcanhar para manter o pé firme e puxe os dedos dos pés para cima, em direção à canela. Coloque os dedos da mão sob os dedos do pé; puxe-os e alongue-os, em vez de apenas dobrar os dedos para frente. Fique na posição por 3 ciclos respiratórios, depois repita com o outro pé. 

  • Tangerina e hortelã são as novidades nos escalda-pés. Ambos são tendências fortes e vêm deixando os pés estressados nas nuvens. O primeiro tem ação drenante e o segundo, antisséptica.

    É muito fácil; mergulha-se os pés, por dez minutos, em uma bacia com água morna com essências de tangerina e folhas de hortelã. Deixe 10 minutos de molho na água. Na sequência, quinze minutos de massagem circulares nos pés com creme esfoliante.  No caso da esfoliação, não exagere. "As mulheres esfoliam demais os pés e passam uma lixa grossa que pode machucá-los", diz Silmara Beltran, esteticista do Club Capelli . Ela sugere que eles sejam esfoliados com uma lixa fina e nunca de madeira, pois podem criar fungos. "Isso é um veneno para o pé!", alerta.

    Ele também pode ser feito com camomila (acalma), sal grosso (ajuda na drenagem), hortelã (ação antisséptica), tangerina (estimulante linfático e calmante), lavanda, eucalipto, mentol e óleos essenciais. "Só mergulhar os pés em água morna já alivia e faz bem, inclua isso na sua rotina", lembra Silmara. Para dar certo, a água precisa estar bem quente e a imersão deve ser até a altura dos tornozelos. 

    A manicure das estrelas, Neide Oliveira, também revela seus segredinhos para deixar o pés de atrizes como Juliana Paes macios. O processo de esfoliação é feito com bucha descartável, a base de calmantes para a pele e anti-inflamatórios naturais para tratar as rachaduras dos calcanhares, calos e irregularidades da pele. "A ação é instantânea e o produto age regularizando o crescimento celular  à base de hidratação intensiva", explica.