terça-feira, 30 de março de 2010

Glúten é vilão???

Para o individuo que pratica esportes, o glúten fala contra tudo o que trabalhamos à medida que ele piora a absorção de nutrientes e lentifica o trânsito gastrointestinal

Glúten é vilão???

Então… todo mundo aprende a multiplicar ângulos na escola (apesar de, depois do vestibular, eu nunca mais ter multiplicado seno e cosseno ou vice versa), mas ninguém aprende a comer. Essa é a árdua batalha dos nutricionistas, principalmente os que trabalham com nutrição funcional que, dia após dia, tentam tirar o glúten da vida das pessoas, enquanto estas acham que tal conduta é exagerada e que alimentos, como estão a disposição para nosso consumo, não fazem mal assim como os nutricionistas falam, afinal, do nosso pãozinho francês de cada dia até a santa hóstia dos domingos contem glúten!

O que é?

Glúten é o mix de duas proteínas, glutenina e gliadina que estão presentes no trigo, cevada, centeio, aveia, triticale, malte e pânico, bem como nos seus derivados.

Sua propriedade/função?

Confere consistência elástica e pegajosa a uma determinada massa de amido, permitindo que, em reações de fermentação, o gás fique preso à massa, conferindo volume e maciez ao produto final.

Por que alguns profissionais defendem a sua limitação ou extinção da nossa dieta?

Porque uma vez ingerido, essa "cola" impregna as vilosidades do intestino lentificando a digestão (que de 16 horas em média pode chegar a 28 horas), atrapalhando a absorção de nutrientes e o funcionamento normal do aparelho digestório. Ainda que a enzima que digere o glúten possa ser suplementada, a pancreatina, esta não resolve o problema de acumulo desta substancia no nosso trato gastrointestinal.

No indivíduo não atleta, o consumo de glúten pode responder pelo ganho de gordura abdominal, transtornos gastrointestinais de qualquer ordem e em casos mais crônicos pode levar até a depressão. Ainda existe uma parcela da população que é intolerante ao glúten, indivíduos chamados de Celíacos devido ao nome da intolerância ao glúten na medicina ser Doença Celíaca – motivo pelo qual, inclusive, temos legislação que determina a presença de aviso no rótulo dos produtos que contenham glúten.

Para o individuo que pratica esportes, o glúten fala contra tudo o que trabalhamos a medida que ele piora a absorção de nutrientes e lentifica o transito gastrointestinal.

Trabalhando com o Rodolfo (Peres) estes anos e desenvolvendo rotinas, baseado em evidencias cientificas, sobre como se alimentar e utilizar aimentos de alta absorção, não justifica termos em nossas dietas wheys hidrolizados de percentuais de absorção maiores que 99% e tempos de absorção de minutos se no final das contas você utiliza para complementar um alimento que atrasa o processo em horas e bagunça a absorção em dezenas...

Querer um físico melhor, significa aumentar um nível capacidade de trabalho muscular e disponibilizar nutrientes segundo essa demanda. Em níveis críticos de resultado, temos níveis críticos de atividade física, logo, dependendo da demanda criada, oferecer estes nutrientes na quantidade adequada e no prazo de absorção adequada é inviável se não utilizarmos suplementos alimentares. Logo, se a base nutricional não estiver adequada com a rotina de suplementação, estamos perdendo tempo e dinheiro e empolgação, pois nada estamos fazendo alem de criar metas inatingíveis, ainda que pequenas, dependendo da variabilidade dos casos...

Vale lembrar que o glúten não é sempre vilão e que em alguns recursos alimentares ele está presente como solução para se lentificar o trânsito gastrointestinal e a absorção de determinados nutrientes sem que precisemos adicionar outros componentes que variam junto a densidade calórica da refeiçao - vale lembrar o largamente difundido uso da aveia no fisiculturismo profisional...

Por Paulo Cavalcante Muzy (muzypaulo@gmail.com)

segunda-feira, 29 de março de 2010

Nutrientes ruins nos alimentos

Alimentos industrializados contém uma série de nutrientes processados que não são bons para sua dieta

Na revista FLEX do mês de janeiro de 2009 foi publicado o artigo "Nasty Nutrientes" (Nutrientes Ruins) de Jordana Brown, o qual relata que a dieta é essencial para moldar o físico, mas que a maioria das pessoas não se preocupa muito com o que digerem, armazenando em sua cozinha comida industrializada e que por isso é importante entender o que escondem os alimentos processados e produzidos em massa.

XAROPE DE MILHO – NÍVEL ELEVADO DE FRUTOSE 
(HIGH FRUCTOSE – CORN SYRUP => HFCS)

Depreende-se da leitura que, embora você possa estar seguindo uma dieta, o HFCS está presente em muitos alimentos e pode levar a uma rápida elevação dos níveis de insulina.

A Associação dos Refinadores de Milho tem executado uma série de comerciais exaltando as virtudes do xarope de milho. Note-se que ele é feito de milho, tem o mesmo número de calorias que o açúcar e, tal como o açúcar, é bom se consumido com moderação. O HFCS e o açúcar de mesa são compostos pelos mesmos dois açúcares simples: glicose e frutose. O açúcar de mesa contém metade de glicose e metade de frutose. O HFCS é constituído em torno de 55% de frutose e de 45% de glicose.

De outro lado, o HFCS não apresenta moléculas de glicose e de frutose ligadas. Toda essa conversa sobre a química é importante porque, apesar do açúcar e do HFCS agirem rapidamente sobre os níveis de insulina, é muito provável que o HFCS eleve os níveis de insulina mais rapidamente devido ao fato de que ele requerer menos uma etapa para ser digerido (não tem que esperar por enzimas para romper as ligações entre glicose e frutose) antes de entrar no sangue.

Há alegações que o HFCS pode afetar a saciedade e que a sensação de fome constante associada ao consumo de HFCS poderia, por sua vez, ser responsável por problemas de obesidade. Todavia, existem vários estudos que não encontraram qualquer relação entre a saciedade e o HFCS. O palpite da autora é que nada que seja tão altamente processado como o HFCS pode ser bom para o corpo humano em grandes quantidades. O aconselhamento dado é no sentido de limitar o consumo de HFCS e a melhor forma de evitá-lo é lendo os ingredientes de todos os alimentos a serem comprados e de procurar alternativas orgânicas quando possível.

GORDURA TRANS

As gorduras trans podem elevar a gordura corporal e diminuir a absorção de aminoácidos. Se o HFCS é um triunfo da ciência moderna de alimentos, a gordura trans é um infortúnio. Na década de 1970, os nutricionistas concluíram que a gordura contém mais calorias por grama do que qualquer outro nutriente, devido à epidemia da obesidade que estava amanhecendo. No entanto, além dos diversos conselhos dos nutricionistas, a mania da dieta de baixa gordura também provocou a propagação de um dos compostos mais mal intencionados sempre a aparecer nas prateleiras dos supermercados. 

As empresas de óleos vegetais, na equivocada tentativa de criar um produto mais saudável, trouxeram ao seu produto mono e poliinsaturado a solidez da manteiga: as gorduras trans são criadas quando as moléculas de hidrogênio são adicionadas ao óleo. Quando a dieta de baixa gordura decolou (uma tendência que ainda tem de realmente morrer), as pessoas fugiram da manteiga e passaram a utilizar a margarina. Agora é sabido que as gorduras trans são perigosas, uma vez que não só contribuem para doenças cardíacas, diabetes e lesões no fígado, mas também podem prejudicar os músculos em, pelo menos, duas maneiras. 

A primeira coisa que as gorduras trans fazem é engordar (o que não é surpresa). Um estudo publicado na edição de julho de 2007 da revista "Obesity" (Obesidade) descreve que um grupo de macacos foi alimentado com uma dieta que continha gorduras trans e outro grupo com uma dieta que continha gorduras saudáveis. As dietas de ambos os grupos foram de calorias controladas, de modo que nenhum grupo deveria elevar o peso. Entretanto, o grupo saudável aumentou cerca de 2% de gordura corporal, enquanto que o de gordura trans aumentou mais de 7%, com uma grande probabilidade desse ganho de peso ir direto para a barriga. 

Depreende-se, portanto, da leitura que, além de simplesmente esconder seus músculos sob uma camada de gordura, comer uma grande quantidade de gorduras trans pode realmente afetar o modo como eles crescem, diminuindo a captação de aminoácidos, bem como comprometer a integridade da membrana da célula muscular, o que pode levar à degradação dos músculos.

MALTODEXTRINA

Como o HFCS, a maltodextrina pode deixar os alimentos mais doces. Não há nada inerentemente prejudicial na maltodextrina. Em comparação com a gordura trans, é bastante benigna, uma vez que não afeta o sistema cardiovascular. Poderia, no entanto, contribuir para a diabetes ou enterrar os músculos sob uma camada fofa de gordura. 

A maltodextrina é derivada do milho (ou de outros amidos a exemplo da batata) por um método semelhante ao do HFCS. Ela também é usada como adoçante, porque não é tecnicamente açúcar, mas sim um polissacarídeo (longa cadeia de moléculas de açúcar), assim, não está listada como açúcar nos rótulos dos produtos.

Mas apenas porque não é o açúcar de acordo com o dicionário produtores de alimentos não significa que o seu corpo não irá interpretá-lo como açúcar. Em geral, quanto maior a cadeia de moléculas, mais ligações o seu corpo tem que quebrar a fim de digerir uma substância e, portanto, mais tempo demora. A maltodextrina, apesar de ser composta por cadeias mais longas de açúcares, é um raro carboidrato complexo (como a batata branca) que é digerido rapidamente.

A maltodextrina ilustra bem o fato de que você não pode confiar apenas na etiqueta nutricional dos alimentos. Certifique-se de examinar os ingredientes para quaisquer surpresas, mas não há necessidade de excluir completamente os alimentos que contenham maltodextrina. Como a autora diz, ela não vai matá-lo, mas se comer na hora errada (ou seja, qualquer hora que não seja imediatamente após a musculação), pode retardar seus ganhos musculares.

FARINHA DE TRIGO ENRIQUECIDA

Na farinha de trigo enriquecida inexiste a maior parte do valor nutritivo dos grãos e das fibras, logo, a ingestão da farinha de trigo integral é muito mais benéfica. Mas cada fabricante quer que se acredite que comer a sua comida vai mantê-lo saudável. Atualmente, um dos conceitos em nutrição é comer-se uma dieta rica em fibras, repleta de cereais integrais, por isso o pão de muitas empresas têm em seus rótulos que contém grãos. Numa edição anterior da FLEX ("Label Lies", de março/2008) mostrou-se o mascaramento: quando você ler "farinha de trigo enriquecida" como um dos principais ingredientes de um pão de forma, é melhor colocá-lo de volta na prateleira.

A matéria explica. Existem três componentes comestíveis nos cereais integrais: o farelo (camada externa que contém toda a fibra), o germe (contém vitaminas e minerais, bem como proteína e gordura) e o endosperma (o amido, o carboidrato). Quando os grãos são refinados, o farelo e o endosperma são removidos, assim, as empresas de panificação substituem a falta de vitaminas e minerais através de um processo chamado "enriquecimento".

Aconselha a revista a ignorar os pães ou outros produtos de grãos que contenham farinha de trigo enriquecida, uma vez que foram eliminados os seus nutrientes e a sua fibra, e a procurar pela farinha de trigo integral, pois terá certeza de estar comprando o melhor para a lenta digestão de carboidratos.

ALCOÓIS DE AÇÚCAR

Como você não quer que compostos hidrogenados fermentem em seu instestino, a FLEX indica o que procurar e o que ignorar nas prateleiras dos supermercados.

A probabilidade de você não ver a palavra " álcool de açúcar" no rótulo de um produto é grande; verá ao menos maltitol, manitol, sorbitol, xilitol ou hidrolisados de amido. Os alcoóis de açúcar representam mais uma tentativa de adoçar alimentos sem adicionar açúcar ou carboidratos. A maioria deles encontram-se presentes em frutas e legumes, mas o HSH é criado pela união de moléculas de hidrogênio e carboidratos, cujo resultado é um doce composto que não afeta drasticamente o açúcar no sangue e é mal absorvido pelo organismo. Isso significa que é ótimo para pessoas em dietas de baixo carboidrato, mas não tanto para o intestino.

Quando diz-se que alcoóis de açúcar não são bem absorvidos pelo corpo, significa que, quando atingem o intestino, o corpo não sabe o que fazer com eles, por isso são ignorados. Ao ficarem no intestino, fermentam, causando inchaço, gases e outros aborrecimentos. Algumas pessoas são mais sensíveis a eles do que outras, mas estes álcoois devem ser definitivamente evitados.

A autora entende que as empresas que fazem os alimentos processados que estão nas prateleiras dos supermercados não se preocupam com o tamanho do seu bíceps, da sua cintura ou quão limpas são as suas artérias. Tudo o que lhes importa é o quanto você vai gastar. Isso quer dizer, especialmente para aqueles que são de fato profundamente preocupados com o físico e a saúde, que têm de tornar-se super vigilantes, tudo na tentativa de não adquirir o que tais empresas fornencem, para não colocar em perigo a saúde e não colocar os músculos em jogo.

NUTRIENTES BONS QUE PARECEM RUINS

MONOGLICERÍDEOS E DIGLICERÍDEOS

À página 226, da edição de janeiro de 2009, a FLEX explica que a maioria das gorduras na dieta são chamadas de triglicerídeos, pois contêm três componentes ácidos gordurosos. Assim como seus nomes implicam, os monoglicerídeos têm apenas um componente ácido gorduroso e os diglicerídeos têm dois. As pesquisas têm descoberto que esses dois tipos de gordura são queimados mais rapidamente como fonte de energia do que armazenados como gordura se comparados aos triglicerídeos.

LECITINA

A lecitina é, com frequência, derivada da soja e usada como emulsificante, o que significa que ajuda a misturar ingredientes que normalmente não se harmonizam. Hoje em dia, a lecitina tem beneficiado os fisiculturistas (embora a quantidade presente na maioria dos alimentos não é suficiente para proporcionar um benefício real). A lecitina também é conhecida como fosfatidilcolina, pois fornece colina.

A colina é importante para movimentar a gordura nas células e também é um componente do neurotransmissor acetilcolina. A acetilcolina é uma molécula que é liberada dos nervos motores, estimulando os músculos a se contraírem. Durante um treino intenso, esse neurotransmissor fica empobrecido e leva à fadiga muscular. Se ingerir-se colina em quantidade extra, ajudar-se-á a repor a acetilcolina, o que pode auxiliar a fazer mais repetições.

INULINA

A inulina é uma fibra derivada da chicória, usada na comida como substituta do açúcar à gordura, não tem praticamente nenhum impacto calórico, é excelente para manter o funcionamento do intestino, aumenta a absorção de cálcio e age como prebiótico, incentivando o crescimento de úteis bactérias intestinais.

==============================================

FONTE do artigo: revista FLEX de janeiro de 2009

Interpretação do texto em inglês realizada porOksana Guskow (textoexato@gmail.com)

Fisiculturista Dorian Yates - Um grande campeão.
















Títulos principais:

  • 1990 IFBB Night Of The Champions, New York - 2nd place
  • 1991 IFBB Night Of The Champions, New York - 1st place
  • 1991 IFBB Mr. Olympia, Orlando, Florida - 2nd place
  • 1991 IFBB English Grand Prix, Nottingham - 1st place
  • 1992 IFBB Mr. Olympia, Helsinki, Finland - 1st place
  • 1992 IFBB English Grand Prix, Nottingham - 1st place
  • 1993 IFBB Mr. Olympia, Atlanta, Georgia - 1st place
  • 1994 IFBB Mr. Olympia, Atlanta, Georgia - 1st place
  • 1994 IFBB Spanish Grand Prix, Madrid - 1st place
  • 1994 IFBB German Grand Prix, Duisburg - 1st place
  • 1994 IFBB English Grand Prix, Nottingham - 1st place
  • 1995 IFBB Mr. Olympia, Atlanta, Georgia - 1st place
  • 1996 IFBB Mr. Olympia, Chicago, Illinois - 1st place
  • 1996 IFBB Spanish Grand Prix, Madrid - 1st place
  • 1996 IFBB German Grand Prix, Darmstadt - 1st place
  • 1996 IFBB English Grand Prix, Nottingham - 1st place
  • 1997 IFBB Mr. Olympia, Long Beach, California - 1st place

Site: http://www.dorianyates.net/



sexta-feira, 26 de março de 2010

Tire o peso dos ombros

Seu treino virou uma fonte de dor? Simples: inclua na rotina exercícios à prova de sofrimento

NA ACADEMIA, QUANDO O HALTER CAIU NO SEU PÉ, você sabia exatamente qual era o problema: o corpo da colega ao lado minava sua concentração. Já as lesões mais comuns causadas pelo treino de musculação são mais difíceis de ser diagnosticadas. "Elas são conseqüência de exercícios não apropriados para sua musculatura ou que simplesmente agravam machucados pré-existentes", afi rma o quiropraxista Ken Kinakin, fundador da Sociedade de Especialistas em Lesões da Musculação, nos Estados Unidos. Um exercício que ajuda seu irmão a desenvolver músculos rapidamente, por exemplo, pode ser devastador para suas costas só porque sua constituição física é outra.
Um grande erro é seguir com seu programa de treinamento mesmo sentindo dor. "É como deixar o carro na garagem quando os pneus estão desalinhados. Um mês depois, eles vão continuar assim", afi rma Kinakin. Uma boa estratégia: elimine os exercícios que causam dor e inclua no treino movimentos que trabalhem os mesmos músculos de ângulos diferentes. Aceita sugestões?
DOR NO OMBRO
>> O principal culpado: desenvolvimento ombro. A máquina para esse exercício não funciona para todo mundo. "Ela obriga os braços a realizar um movimento não natural que pinça os pequenos músculos dos ombros", afi rma o cirurgião ortopédico Nicholas DiNubile, dos Estados Unidos. Com o tempo, esse exercício pode levar à tendinite no ombro.
Alternativa: faça o "desenvolvimento ombro de vitória". Segure dois halteres com as palmas voltadas uma para outra. Agora, eleve os pesos acima da cabeça como se estivesse comemorando uma vitória. Ao manter as palmas para dentro e os braços acima dos ombros, você evita o pinçamento dos músculos
SE ESTE DÓI... FAÇA ESTE...
SE SENTIR INCÔMODO COM... A PROVÁVEL RAZÃO É... EXPERIMENTE...
Elevação lateral O osso do braço está pinçando os tecidos conectivos dentro da articulação dos ombros. Elevação lateral flexionado Deite-se de bruços no banco inclinado entre 45 e 60 graus. Eleve os halteres para os lados.
Remada elevada com barra e pegada fechada Veja acima. Remada elevada com pegada aberta Ou use halteres e alterne os braços em cada repetição.
Supino na máquina smith No supino com barra, você faz um arco ao levantá-la para cima e para trás. Com a máquina, você só eleva a barra, provocando o pinçamento descrito acima. Supino com barra
Supino na máquina smith O movimento agrava uma lesão pré-existente, normalmente no seu lado dominante (por exemplo: o ombro direito se você for destro). Supino com halter Com os halteres, os ombros equilibram os pesos num movimento mais natural. Manter os cotovelos próximos ao tronco reduz o risco de machucar as articulações.
DOR NA REGIÃO LOMBAR
>> O principal culpado: o agachamento.
Esse exercício é sempre acusado - injustamente - de causar dor nas costas. Mas ele é muito seguro se realizado corretamente. A maioria dos homens comete um erro básico: eles se inclinam demais para a frente, o que força a região lombar. A solução: segure a barra na dobra dos braços ou um halter na frente do peito. Isso o obriga a manter o tronco mais reto. Agora agache até as coxas ficarem paralelas ao chão.
SE ESTE DÓI... FAÇA ESTE...
SE SENTIR INCÔMODO COM... A PROVÁVEL RAZÃO É... EXPERIMENTE...
Agachamento na máquina smith A máquina tira a região lombar do seu alinhamento natural, reduzindo sua estabilidade. Agachamento com barra
Stiff Você inclina muito para a frente e prejudica a curvatura natural das costas. Levantamento terra É quase a mesma coisa, porém você leva o peso até o chão. Dessa forma, você não força a curvatura natural da coluna.
Remada inclinada com barra Você pode ter um problema crônico nas costas que provoca fadiga nos músculos da região, quando eles estão fracos. Remada no cabo sentada, com diversas pegadas - aberta, fechada, média, superior, inferior - ou remada unilateral com halter (e coloque o joelho oposto ao braço em ação sobre um banco).
DOR NOS JOELHOS
>> O principal culpado: extensão de pernas.
Essa máquina pode ser perigosa. Os joelhos não têm estrutura para suportar tanto peso sob o ângulo que ela exige. Se você quiser desenvolver músculo, prefira a máquina para leg press, que trabalha de forma mais efi ciente os quadríceps (músculos na frente das coxas) e os tendões que sustentam os joelhos.
SE ESTE DÓI... FAÇA ESTE...
SE SENTIR INCÔMODO COM... A PROVÁVEL RAZÃO É... EXPERIMENTE...
Avanço O movimento para a frente coloca mais pressão na patela do que ela é capaz de suportar. Avanço para trás Dê um passo para trás ao baixar o corpo, assim o joelho da frente flexiona sem pressionar a patela. Dessa forma, a ênfase do exercício passa a ser nos glúteos e na parte de trás das coxas - e não mais nos quadríceps.
Agachamento Os joelhos avançam para a frente quando o peso do corpo se desloca dos calcanhares para os dedos. Avanço lateral Dê um passo para o lado ou em um ângulo de 45 graus - o que for mais confortável.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Aline Oliveira - Campeã Brasileira e Sul-Americana de BodyFitness


Aline OliveiraNome completo:

R: ALINE DE OLIVEIRA SOUZA 

Como é conhecido(a) no meio do fisiculturismo (apelido): 

R: ALINE OLIVEIRA 

Data de nascimento: 

R: 06/09/1986 

Cidade em que nasceu e cidade em que vive atualmente: 

R: RIO DE JANEIRO 

Quando começou a treinar com pesos e por qual razão: 

R: Comecei fazendo Ginástica Localizada com 16 anos. Logo depois iniciei na musculação, e com 18 anos já tinha uma certa disciplina, eu não queria ficar apenas saradinha, tinha vontade de alcançar um nível mais elevado. Com 20 anos que comecei a treinar para competição. 

O que mudou na sua vida depois que começou a treinar: 

R: Aprendi a ter mais determinação. 

Treina sozinho ou com parceiro: 

R: SOU PREPARADA ATUALMENTE PELO ATLETA JORLAN NASCIMENTO. 

Como é a série atual de treinamento: 

R: Não treino mais com cargas pesadas, ultimamente só realizamos treinos técnicos e aeróbicos. 

Quais são os métodos de treinamento (pirâmide, repetições forçadas, bi-sets, superséries, etc.) que costuma adotar na fase de pré-competição e na fase fora de competição (offseason): 

R: Sempre fazemos exercícios conjugados, bi-sets...etc. 

Qual é o exercício de musculação preferido: 

R: Gosto de treinar dorsal. Em especial as remadas. 

Qual é o exercício de musculação que menos gosta: 

R: Todos de perna. Odeio.

Qual foi a maior carga que já levantou no supino reto e no leg 45: 

R: Não costumo treinar peito, no leg meu máximo é 200 kilos, como falei antes os treinos são conjugados não trabalhamos com cargas excessivas. 

Como é a sua dieta na fase de pré-competição e na fase fora de competição (offseason): 

R: Em off eu costumo comer limpo, mas não consigo ficar sem comer doce no final de semana. Em pré contest geralmente minha dieta é muito apertada, como basicamente frango, claras, peixe e batata. 

Qual é o alimento que mais gosta e que tem mais dificuldade de resistir quando está em dieta de pré-competição: 

R: Banana e Granola. 

Sofre alterações de humor quando está em dieta de pré-competição: 

R: Nossa, muito. Mas a cada competição aprendo a me controlar e pensar que a escolha é minha, as pessoas ao meu redor não devem sofrer por isso. 

Aline OliveiraQuais são os suplementos alimentares de que faz uso: 

R: Whey Protein, BCAA, Dextrose, Glutamina, Complexo B, Vit C e Omega 3. 

Quais são os suplementos alimentares (produto e marca) que mais gosta (efeitos ou sabor): 

R: Whey Protein sabor Morango da STEEL NUTRITION e o de Capuccino também. 

Quais títulos já conquistou no fisiculturismo e em que anos? 

R: Fui campeã Carioca Overall, Campeã Brasileira, e Campeã Sulamericana em 2009, e também fiquei em 10º lugar dentre 29 meninas no Mundial. 

Qual foi a melhor experiência que já teve no mundo do fisiculturismo: 

R: Viajar para a Italia, no campeonato Mundial. Fiz muitos amigos no esporte, atletas de todo mundo, cada um tem coisas diferentes para acrescentar, fora conhecer Milão um lugar lindo demais, cultura diferente, enfim. 

Qual foi a pior experiência que já teve no mundo do fisiculturismo: 

R: Ver algumas injustiças de arbitragem lá fora. Vi coisas inacreditáveis. 

Quais eram as suas medidas corporais (peso, percentual de gordura, circunferência de bíceps e de coxa) no último campeonato de que participou (nome do evento e data): 

R: Geralmente não faço medições, me lembro apenas do meu peso que era 58 kilos. 

Quais costumam ser as suas medidas corporais (peso, percentual de gordura, circunferência de bíceps e de coxa) quando não está competindo: 

R: Geralmente em off fico fortinha, meu peso fica em torno de 68 quilos. 

O que as pessoas dizem sobre seu aspecto corporal com musculatura avantajada: 

R: As pessoas preferem meu físico em OFF do que em dieta pré competição 

Que dicas daria para quem pretende ingressar no mundo do fisiculturismo: 

R: Não sejam apressados, a musculação exige um pouco de tempo, então sigam um passo de cada vez, em especial para mulheres, preocupem-se sempre em manter sua feminilidade, não pensem apenas no físico. 

Opinião sobre anabolizantes esteróides: 

R: Não sou hipócrita, já usei no passado, hoje tenho uma idéia diferente e sei que não preciso. Consigo me preparar sem usar anabolizantes. 

Quais são os atletas do fisiculturismo nacional e internacional que mais admira: 

R: São muitos, no FITNESS sou fã da Diana Monteiro, não só como atleta, mas também como ser humano ela é do bem e muito amiga, dos rapazes bodybuilders tenho muitos que admiro e que aliás me ajudam muito em minhas preparações: Edson Serafim, Djalma Laroque, Jorlan (meu treinador), não posso deixar de falar do fera, o Eduardo Correia etc. Dos gringos tem 2 que sou fã: Phil Heath e Stan MC QUAY, são muito lindos! 

Se tem patrocinador, nome e contatos da empresa e forma de patrocínio: 

R: Sou patrocinada pela STEEL NUTRITION (www.steelnutrition.com.br

Se atua como personal trainer, contatos para ser contratado: 

R: Sim, meu e-mail de contato é line.body@hotmail.com

Aline Oliveira

Aline Oliveira

Aline Oliveira

Aline Oliveira

Aline Oliveira

Pés descalços, menos lesões



Recente estudo publicado na revista Nature aborda a discussão entre correr descalço ou com calçados desenvolvidos pelos fabricantes de tênis. Duas das conclusões apontadas pelos pesquisadores em chamaram a atenção:

- a indústria de calçados esportivos ainda não conseguiu desenvolver tênis que permitam distribuir o impacto e ao mesmo tempo não alterar a biomecânica da pisada, que também tem seus próprios mecanismos de proteção contra o impacto;

- correr e andar descalço, em pequenas quantidades, pode trazer benefícios, como fortalecer a musculatura intrínseca dos pés e melhorar a propriocepção (capacidade do corpo em responder de forma segura à mudanças de direção, superfícies irregulares e também de modular eficientemente a distribuição do impacto).

Outras pesquisas também mostram evidências de que pessoas habituadas a correr descalças apresentam incidência de lesões inferior a grupos que correm calçados.

Um estudo mais antigo já apontava aos fabricantes a necessidade de repensar o conceito de "proteção" contra o impacto. Nesta pesquisa, verificou-se que as pessoas que utilizavam os tênis com maior amortecimento apresentaram incidência de lesões 123% mais alta em relação aos que usavam modelos mais baratos/simples.

Há uma hipótese ainda não comprovada. Teoricamente, um calçado que ofereça excesso de proteção inibe importantes e eficientes mecanismos de proteção que o próprio corpo tem. Talvez seja por isso que correr descalço oferece maior proteção natural do corpo.

Gosto de correr, uma vez por semana, por 5 minutos na grama. Além da agradável sensação, noto que melhora minha consciência corporal. Para quem ainda não está adaptado, correr por 1 minuto, uma vez por semana, e ir aumentando 1 minuto por semana até chegar em 5 minutos no total já seria um bom estímulo ao corpo.

Correr descalço em concreto ou asfalto está fora de cogitação, pois a estrutura do corpo não foi feita para estas superfícies.

Por Renato Dutra

quarta-feira, 3 de março de 2010

Sede? Pense antes de beber

Largar o hábito de tomar líquidos cheios de açúcar pode ser a forma mais fácil de perder peso

Por: Tom Hansen e Yara Achôa
Publicado 03/02/2010

Bebemos apenas água por quase toda a história da humanidade - refrigerantes e sucos industrializados, ricos em açúcar, não existiam até 150 anos atrás e só passaram a ser consumidos em quantidades significativas nas últimas décadas. A hipótese levantada pelos cientistas é que nos desenvolvemos dessa maneira para que, ao satisfazer nossa sede com água, não perdêssemos a fome por comida. Acontece que, infelizmente, nosso organismo não foi reprogramado para o século 21, época em que mais de 20% do consumo total de calorias provém das bebidas. "Nossa evolução biológicas de centenas de milhares de anos não nos preparou para processar calorias líquidas", afirma Barry Popkin, professor de nutrição da Universidade da Carolina do Norte (EUA).

O fato é que refrigerantes, sucos e até nossos amados cafezinhos, talvez mais do que qualquer outra coisa que engolimos, estão nos engordando. "Consumidos em excesso, eles favorecem o aumento de gordura corporal e dificultam a perda de peso", diz a nutricionista Márcia Regina Dal Medico, do Spa Jardim da Serra, em São Pedro (SP). E além de aumentarem sua pança, de acordo com a nutricionista e bioquímica Lucyanna Kalluf, do Rio de Janeiro, elas ainda podem causar cáries, gastrite, agravar o diabetes e aumentar os níveis de triglicérides sanguíneos.

Em um estudo da Universidade Purdue (EUA), voluntários consumiram 450 calorias por dia provenientes de balas ou de refrigerantes, durante quatro semanas. Aqueles que ingeriram balas não consumiram mais calorias que o normal. Já o grupo do refrigerante comeu 17% mais calorias por dia. Então, numa dieta de 2500 calorias, os bebedores de refrigerante consumiram 425 calorias extras diariamente. "As pessoas não reduzem a ingestão de comida quando ingerem muitas calorias em forma de bebida", afirma Popkin. Não é de surpreender que o último grupo tenha ganhado peso durante o estudo.

Considere que, em média, uma pessoa consuma 459 calorias líquidas por dia - a maioria vinda do açúcar contido nessas bebidas. Então, ao reduzir ou eliminar essas bebidas repletas de calorias vazias de seu cardápio, você instantaneamente começa a perder peso. Por onde começar? Confira nosso plano a seguir.

Beba com frequência

ÁGUA
A sede é sinal de que já teve início o processo de desidratação. Em indivíduos saudáveis e em condições normais, ela é uma das formas de controle da ingestão de água no organismo. "A recomendação é beber de 2 a 3 litros por dia", diz Lucyanna Kalluf. Vale lembrar que o líquido desempenha papel essencial em quase todas as funções do corpo: é utilizado para a digestão, para a absorção e para o transporte de nutrientes, assume o papel de solvente para os resíduos do corpo e ajuda a manter a temperatura estável, entre outras coisas. 

CHÁ
Ele não só contém antioxidantes que podem protegê-lo de doenças do coração e câncer como também é livre de calorias - isto é, desde que você não o adoce com açúcar. Opte pelas práticas latinhas de chá gelado, que na versão light contêm de 0 a 5 calorias, ou pelas infusões em saquinhos ou flores e folhas, que são ainda mais benéficas. Os chás verde e preto são uma ótima pedida. Estudos apontam que o verde previne doenças cardíacas e circulatórias, além de acelerar o metabolismo e ajudar na queima de gordura corporal. O preto reduz o colesterol e contribui para a saúde do coração. "Beba de 2 a 4 xícaras de chá por dia, cerca de 100 mililitros por vez", recomenda Dal Medico. Quer mais? Experimente estes: 
CAMOMILA: naturalmente doce, auxilia a digestão e é calmante. 
HORTELÃ: refrescante, tome após as refeições.
CANELA DOCE: bom para relaxar antes de dormir. 

CAFÉ
Ingerido sem açúcar, é rico em componentes saudáveis e quase não tem calorias. "A comunidade médico-científica considera a planta como funcional - ou seja, previne doenças e faz bem à saúde - ou mesmo nutracêutica (nutricional e farmacêutica). Além de cafeína, contém potássio, zinco, ferro, magnésio e diversos outros minerais em pequenas quantidades. O grão ainda tem aminoácidos, proteínas e lipídeos. E o melhor: uma enorme quantidade de polifenóis antioxidantes, que atuam contra doenças cardiovasculares, câncer, doenças neurodegenerativas, como Parkinson e Alzheimer, diabetes, entre outras", enumera Lucyanna Kalluf. Segundo a especialista, consumir 2 xícaras ao dia é suficiente.


Não exagere

LEITE
Beber 2 copos por dia, sem açúcar ou chocolate é uma boa. Pesquisas mostram que além de conter cálcio, que fortalece os ossos, e proteína para os músculos, a bebida pode favorecer o emagrecimento. Em um estudo, adultos acima do peso que não tomavam leite começaram a incluir 2 copos diários junto a uma dieta de baixa caloria. Após a mudança de hábito, eles perderam mais peso e mais gordura do que os que simplesmente reduziram o consumo de calorias e não tomavam a bebida. 

ÁLCOOL
Um drinque por dia reduz o risco de doença do coração. Mas o álcool também contém calorias (cada grama corresponde a 7 calorias) e pode até abrir seu apetite. Mais: as calorias do álcool não podem ser armazenadas no corpo. Portanto, devem ser utilizadas imediatamente. Como resultado, seu corpo para de queimar gordura até o álcool ser completamente processado. Isso equivale a uma hora por drinque. "O metabolismo fica lento", diz Lucyanna Kalluf. Não precisa faltar à happy hour: vá de vinho tinto (1 taça, quatro vezes por semana), 1 tulipa de chope (até duas vezes por semana) ou 1 dose de uísque (uma vez por semana). Não exagere

SUCO
Aquela história de que os sucos naturaispodem ser consumidos sem restrição é mito. O problema é adicionar açúcar à bebida, que já contém frutose. Uma laranja média, por exemplo, contém 62 calorias, 12 gramas de açúcar e muitas fibras. "Comer a fruta inteira garante que você coloque para dentro todos os nutrientes benéficos, além de proporcionar maior saciedade", diz a nutricionista do Spa Jardim da Serra. Agora, se você optar pelo suco natural, vá de pequenas doses - 100 mililitros é uma boa quantidade. Afinal, para fazer um copo de 250 mililitros são necessárias de 4 a 6 unidades da fruta. Outra opção: adicione água para torná-lo menos 

REFRIGERANTE LIGHT
Como são artificialmente adoçados, a maioria contém no máximo 5 calorias. Mas mamar essas bebidas o dia todo pode resultar em menor consumo de outras bebidas mais nutritivas. Fique de olho também na quantidade de sódio. "O excesso provoca inchaços e pode dificultar a circulação", diz Dal Medico. Consumir 1 ou 2 copos de refrigerante light por dia está liberado, mas beber 5 latas de 350 mililitros não é saudável. Pesquisas sugerem que as bebidas doces aumentam a vontade de consumir guloseimas com açúcar.


NÃO VÁ COM TANTA SEDE AO POTE
Saiba o que você está consumindo e controle seus impulsos
Coca-Cola
1 lata de
350 ml
137 calorias
Chope
1 tulipa de 300 ml 
180 calorias
Chocolate
1 caixinha de
achocolatado
200 calorias
Caldo de cana
1 copo de
240 ml
202 calorias
Aguardente
1 dose de
100 ml
231 calorias
Uísque
1 dose de
100 ml
240 calorias
Batida
1 dose de
100 ml
250 calorias
Smoothie de frutas
1 copo médio
de 200 a 700
calorias

 

segunda-feira, 1 de março de 2010

Modalidades esportivas das Olimpíadas de Inverno


Hóquei no Gelo 

O que é? 

O hóquei ("ice hockey") é jogado numa arena de gelo entre duas equipes de seis jogadores. Os jogadores patinam no gelo e usam tacos ("sticks") para movimentar um disco ("puck"). O objetivo do jogo é fazer com que o disco seja colocado no gol do adversário. Assim como no futebol, a equipe que fizer mais gols vence a partida.  

Vídeo - assista imagens do jogo entre Canadá e Rússia nas Olimpíadas de Torino em 2006: 

http://www.youtube.com/watch?v=nSHXe00CDks

Onde e quando?

O torneio de hóquei no gelo nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 será realizado no General Motors Place e no UBC Winter Sports Centre em Vancouver. A competição masculina acontecerá de 16 a 28 de fevereiro e a feminina de 13 a 26 de fevereiro.

Patinação artística 

O que é? 

A patinação artística no gelo ("Figure skating") consiste no atleta equilibrar-se em cima de patins e fazer diversas acrobacias e coreografias.

Vídeo - assista imagens do patinador russo Evgeni Plushenko, que levou a medalha de ouro nas Olimpíadas de Torino em 2006: 

http://www.youtube.com/watch?v=0ieMEfklmuI

Onde e quando?

As competições de patinação artística nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 serão realizadas no Pacific Coliseum. Os quatro eventos ocorrerão entre 14 e 25 de fevereiro.

Patinação de velocidade em pista curta 

O que é? 

A Patinação de velocidade de pista curta ("Short track speed skating") é uma corrida sobre patins que ocorre numa pista oval de 110 metros de comprimento. 

Vídeo - assista imagens da disputa pela medalha de ouro durante as Olimpíadas de Torino em 2006: 

http://www.youtube.com/watch?v=blwy--G0ECg

Onde e quando?

As competições de patinação de velocidade em pista curta nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 serão disputadas no Pacific Coliseum entre os dias 13 e 26 de fevereiro. Oito eventos serão realizados.

Curling

O que é? 

Curling é um esporte de equipe com similaridades à Bocha brasileira. A diferença básica é que o curling é jogado sobre uma uma pista retangular de gelo por duas equipes de quatro jogadores cada uma. Duas equipes de quatro participantes cada, competem entre si com o objetivo de lançar, deslizando 8 pedras de granito com um peso de 20 kg cada uma, sobre um corredor de gelo de 45,5 metros de comprimento e 4,75 metros de largura. Uma vez realizados todos os lançamentos, os pontos são marcados de acordo com a proximidade que a pedra chegar do alvo, no fim da pista.

Vídeo - assista imagens do jogador canadense Mark Nichols, medalha de ouro em Curling nas Olimpíadas de Torino em 2006: 

http://www.youtube.com/watch?v=Cy7rVRboXaU

Onde e quando?

O torneio de curling nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 será realizado no Vancouver Olympic Centre. A competição masculina acontecerá de 16 a 28 de fevereiro e a feminina de 13 a 26 de fevereiro.

Patinação de Velocidade 

O que é? 

A patinação de velocidade ("Speed skating") é praticada em pistas de gelo. A maior parte das provas são em forma de contra-relógio. Nas provas individuais, os atletas correm geralmente em pares em volta de uma pista de 400 metros no sentido oposto ao dos ponteiros do relógio. Correm em faixas separadas e trocam de faixa uma vez por volta. A velocidade dos competidores pode chegar a 60 km/h. 

Clique aqui e assista o vídeo

Onde e quando?

As competições de patinação de velocidade nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 serão realizadas no Richmond Olympic Oval. Os doze eventos ocorrerão entre 13 e 27 de fevereiro. 

Esqui estilo livre 

O Esqui estilo livre ("Freestyle skiing") é uma das modalidades mais tradicionais dos Jogos de Inverno. Os competidores deslizam montanha abaixo até atingiram uma rampa. Ganha o esquiador que saltar a rampa com mais técnica e estilo. 

Vídeo - assista imagens da disputa de Esqui estilo livre nas Olimpíadas de Torino em 2006: 

http://www.youtube.com/watch?v=z5NhA2Rrqe4

Onde e quando?

As competições de esqui estilo livre nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 serão realizadas na Montanha Cypress. Os seis eventos ocorrerão entre 13 e 25 de fevereiro.

Snowboard

O que é? 

O Snowboard ou Snowboarding é um esporte que consiste em equilibrar-se sobre uma prancha, que desliza sobre uma superfície nevosa numa encosta de montanha. 

Clique aqui e assista o vídeo

Onde e quando?

As competições de snowboard nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 serão disputadas na Montanha Cypress. Os seis eventos ocorrerão entre 15 e 27 de fevereiro.

Esqui alpino

O que é? 

O esqui alpino (alpine skiing) é uma modalidade do esqui que consiste em efetuar uma descida em velocidade, com passagens obrigatórias e contra o relógio.

Vídeo - assista imagens da esquiadora croata Janica Kostelic, medalha de ouro em esqui alpino: 

http://www.youtube.com/watch?v=h-gti7T9YrM 

Onde e quando?

As competições de esqui alpino nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 serão disputadas no Whistler Creekside entre os dias 13 e 27 de Fevereiro. Dez eventos serão realizados.

Biathlon

O que é? 

O biatlo é uma competição individual que envolve a combinação de dois esportes: esqui nórdico e tiro. O atleta tem que esquiar e, em determinados pontos do trajeto, disparar tiros com uma espingarda sobre alvos estáticos. 

Vídeo - assista imagens do atleta francês Vincent Defrasne, medalha de ouro em Biathlon
 nas Olimpíadas de Torino em 2006: 


http://www.youtube.com/watch?v=bdDavAcnEhA

Onde e quando?

As competições de biatlo nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 serão realizadas no Parque Olímpico de Whistler entre 13 e 26 de fevereiro.

Esqui Cross-country

O que é? 

O esqui cross-country (Cross-country skiing) é uma maratona de esqui, com subidas, descidas e trechos planos. Faz parte da modalidade de esqui nórdico.

Clique aqui e assista o vídeo

Onde e quando?

As competições de Esqui Cross-country nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 serão realizadas no Parque Olímpico de Whistler entre 15 e 28 de fevereiro.

Combinado Nórdico 

O que é? 

O Combinado Nórdico (Nordic combined) é uma modalidade que mistura saltos com o esqui e cross-country (corrida entre esquiadores por percurso com altos e baixos).

Onde e quando?

As competições de combinado nórdico nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 serão realizadas no Whistler Olympic Park. Os três eventos ocorrerão entre 14 e 25 de fevereiro.

Salto de esqui 

O que é? 

O salto de esqui (Ski jumping) é um esporte onde os atletas munidos de esqui descem uma rampa e tentam aterrissar o mais distante possível. Além da distância do salto, o resultado final depende também dos pontos de estilo, dados pelos juízes em escala de 1 a 20 (pontuação máxima).

Clique aqui e assista o Vídeo 

Onde e quando?

As competições de salto de esqui nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 serão realizadas no Whistler Olympic Park. Os três eventos, todos masculinos, ocorrerão entre 12 e 22 de fevereiro.

Bobsleigh

O que é? 

Bobsleigh ou Bobsled é um esporte de inverno em que duas ou quatro pessoas realizam, por meio de um trenó, descidas cronometradas em uma pista de gelo sinuosa e estreita especialmente construída para a competição. O trenó chega a atingir velocidades de até 100 km/h.

Vídeo - assista imagens da disputa de Bobsleigh
 nas Olimpíadas de Torino em 2006: 


http://www.youtube.com/watch?v=hBgsrtBfX1Q

Onde e quando?

As competições de bobsleigh nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 serão realizadas no Whistler Sliding Centre entre 20 e 27 de fevereiro.

Luge 

O que é? 

Luge significa "trenó rápido", sendo um dos mais perigosos esportes olímpicos. O Luge consiste em um atleta deslizar morro abaixo num trenó sobre uma pista de gelo semi-tubular. 

Vídeo: 

http://www.youtube.com/watch?v=kJQTKMRPylQ

Onde e quando?

As competições de luge nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 serão realizadas no Whistler Sliding Centre entre 13 e 17 de fevereiro.

Skeleton

O que é? 

Skeleton é uma modalidade de descida em trenó. 

Clique aqui e assista o vídeo

Onde e quando?

As competições de skeleton nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 serão realizadas no Whistler Sliding Centre entre 18 e 19 de fevereiro.

Olimpíadas de Inverno de Vancouver

Locais dos Jogos Olímpicos

Saiba onde serão realizadas as competições em Vancouver e Whistler

BC Place Stadium

O estádio será palco das cerimônias de abertura e encerramento das Olimpíadas de Vancouver. Com capacidade para 60 mil espectadores, o estádio também será usado para partidas de hóquei no gelo. 

Endereço:
777 Pacific Blvd, Vancouver, 
British Columbia V6B 4Y8


 Pacific Coliseum

O local é a casa do time local de hóquei Vancouver Giants. O ginásio foi completamente reformado para os Jogos de 2010. Com capacidade para 16 mil espectadores, o ginásio irá receber as competições de Patinação Artística e Patinação de velocidade. 

Endereço:

100 North Renfrew Street, Vancouver, British Columbia V5K 3N7


 Vancouver Olympic / Paralympic Centre

Construído especialmente para as olimpíadas de Vancouver, o ginásio tem capacidade para 6 mil espectadores e será usado para competições de Curling e esportes paraolímpicos. 

Endereço:
4575 Clancy Loranger Way, Vancouver, British Columbia

Google Map

Clique aqui para acessar o mapa do local


UBC Winter Sports Centre

O ginásio, inaugurado em 2008, está localizado no campus da principal universidade de Vancouver - a UBC. Com capacidade para 7,2 mil pessoas, o local será usado para disputas de hóquei no gelo.

Endereço:
University Endowment Lands (UEL) 
UBC

Google Map
Clique aqui para acessar o mapa


Richmond Olympic Oval 

Construído especialmente para as olimpíadas de Vancouver, o ginásio tem capacidade para 8 mil espectadores e será usado para provas de Patinação de velocidade. 

Endereço:
6111 River Road, 
Richmond,
British Columbia


Cypress Mountain 

A Cypress Mountain, localizada em North Vancouver, é uma das principais estações de esqui da região de Vancouver. No local serão realizadas provas de Snowboard e Esqui estilo livre. 

Endereço:
Cypress Provincial Park
British Columbia

Google Map

Clique aqui para acessar o mapa






Whistler Blackcomb

Whistler Blackcomb é uma estação de esqui localizada em Whistler, a cerca de 115 quilômetros de Vancouver. O local será sede das competições de Esqui alpino. 

Website- www.whistlerblackcomb.com


Whistler Olympic Park

O Whistler Olympic Park está localizado em Whistler, a cerca de 115 quilômetros de Vancouver. No local haverá disputas de biathlon, Esqui cross-country, Combinado Nórdico e Salto de esqui. 

Clique aqui para assistir o Vídeo oficial

Website - http://www.whistlerolympicpark.com/


 Whistler Sliding Centre

O Whistler Sliding Centre está localizado em Whistler, a cerca de 115 quilômetros de Vancouver. O local será palco para disputas de Bobsleigh, Luge e Skeleton. 

website - www.whistlerslidingcentre.com