terça-feira, 4 de maio de 2010

O “The Arnold Sports Festival 2010, 22 Edição” foi extraordinário!

Mais de 18 mil atletas circularam entre os 700 estandes que expuseram seus mais variados e revolucionários produtos esportivos, concorridos entre as grandes marcas de suplementos

Por Dário Rubens Ferreira (Tony) 

Quem visitou o ARNOLD FITNESS EXPO, a mega feira em Columbus, Ohio, USA, não perdeu por esperar. E pôde ver de perto seus grandes ídolos, (mais de 18 mil atletas) circularam entre os 700 estandes que expuseram seus mais variados e revolucionários produtos esportivos, concorridos entre as grandes marcas de suplementos, que chegaram como de costume para oferecer ainda mais novidades aos atletas do mundo todo, em todas as modalidades esportivas. Sem dúvida um evento que fez história.

Durante toda a semana passaram por lá aproximadamente 180 mil fãs do esporte para apreciarem as mais variadas modalidades esportivas como: festival de artes marciais, que incluíram o karate, tae kwon do, judô, luta grega romana, entre outras.

E também teve: boxe, arco e flecha, concurso de dança, luta de braço de ferro, figure e fitness internacional, levantamento de peso, homens mais fortes, sendo o campeão desta modalidade, o atleta Derek Poundstone que recebeu o prêmio de 45 mil dólares, aproveitou a ocasião e fez bonito, ao pedir ao vivo, a mão de suanamorada em casamento. Isso é que é Homem de atitude! Já pensaram se a moda pega por aqui? Confira na foto. No total foram 44 modalidades diferentes, sendo que 12 foram Olímpicas. Estas competições foram realizadas simultaneamente, e os mais de 18 mil atletas brilharam nas competições que foram tanto amadoras, quanto profissionais.

Derek Poundstone

A categoria feminina do fisiculturismo profissional, contou com a presença de várias atletas incluindo a campeã do ARNOLD CLASSIC 2009 Iris Kyle, que esteve lá para defender a sua coroa, e não deu outra: sagrou-se novamente a campeã, e levou o prêmio de 25 mil dólares, veja na foto — e ai vai encarar? Ou então, que tal um jantarzinho romântico a luz de velas? — Brincadeiras a parte, reconheço a dedicação desta grande atleta.

Iris Kyle

Já quanto às gatas do fitness e do figure, essas realmente dão um show de beleza e estética, pois na maioria, não exageram no volume muscular, e sempre se apresentam com uma bela linha. E põe bela nisso!

Ainda falando sobre as beldades, vou destacar uma das competidoras da categoria fitness que me chamou atenção, seu nome é: Oksana Grishina. Esta atleta russa que ficou em quinto lugar, esbanjou carisma e simpatia em sua entrevista ao site flexonline.com dias antes da competição, e nos palcos além de repetir a dose, ainda acrescentou charme e elegância em sua apresentação. Ok devo confessar que esta categoria, das femininas, é a minha favorita! Agora vamos falar a verdade: vocês não acham que elas são lindas demais? Acredito que se a apresentadora Hebe Camargo tivesse visto, diria: "que gracinhas!"

Oksana Grishina

O Brasil foi muito bem representado neste evento, colocando os seus atletas em algumas categorias amadoras, e uma na profissional. Nas categorias femininas, tivemos na figure internacional profissional, nossa querida atleta Larissa Reis. Nas categorias amadoras, na fitness médium class, a Diana Paula Monteiro, na Figure class e, Loritza Oliveira De Andrade, e na figure class D, Alhandra Martin Dos Santos.

Já, nas categorias masculinas amadoras, tivemos na super heavyweight, outros grandes atletas brasileiros, os nossos super campeãos, Julio Cesar Balestrin, e Bruno Divino Neto. Na heavyweight, mais uma fera: Fernando Noronha de Almeida. Na middleweight, Claudio Antonio Do Monte, e também, Charles Mario, e na welterweight, Rodrigo Scardini. Aliás, a última vez em que vi o Julio Cesar, foi no WORKSHOP DA PROBIÓTICA DE NUTRIÇÃO ESPORTIVA E TREINAMENTO que contou com a presença do atleta IFBB Dennis James, em novembro de 2009. Sem duvida, todos eles fizeram bonito na terra do tio Sam. Quero deixar registrado aqui, os meus parabéns! E que Continuem olhando sempre em frente e acreditem sempre em suas jornadas. E saibam que nós aqui do Brasil, estaremos sempre torcendo para que vocês continuem brilhando nos campeonatos profissionais, e acredito que ainda terei o prazer de vê-los no Mr. Olympia no meio dos gigantes. 
 
Quero chamar a atenção de todos os empresários e patrocinadores, para que invistam em nossos atletas! Esses rapazes já deram provas mais que suficientes, de que são capazes de irem muito bem lá fora! Eu fico indignado quando vejo esses guerreiros após vencerem os campeonatos aqui no Brasil receberem um potinho de Whey Protein, que palhaçada! E que vergonha. Agora por outro lado, os atletas precisam se manifestar mais, se colocar, se expressar melhor sem medo, isso não pode acontecer mais.

No decorrer do show, o super astro de Hollyood Silvéster Stallone, foi agraciado com o chamado (Lifetime Achievemant Award). E depois em uma bela homenagem, onde foi utilizado um telão, foram mostradas fotos do ator, e junto dele um histórico seu que dizia que quando criança, Stallone praticava diversas modalidades de esporte, inclusive chegou a dizer que nunca teve ossos grandes e nem genética para se tornar um fisiculturista de verdade. E depois de mostradas várias fotos e alguns trechos em vídeos de seus principais filmes, o governador da Califórnia Arnold Schwarzenegger em tom de brincadeira, disse que assistiu a muitos filmes de Stallone, e quando o ator aparecia especialmente sem camisa em Rambo E Rocky, filmes que o consagraram, ele cobria os olhos de sua esposa, pois ficava com ciúmes. E disse também que sempre admirou o astro, pois em seus filmes, promoveu a importância da atividade física, o fisiculturismo, os suplementos, e uma alimentação mais equilibrada, proporcionando uma melhora na qualidade de vida de todos e especialmente de seus fãs.  

Silverster Stallone e Arnold

No último dia do evento, a parte mais aguardada e a principal, foi o ARNOLD CLASSIC, categoria fisiculturismo masculino profissional. Que foi apresentado pelo especialista no assunto Lone Teper.  
                                               
Com uma abertura digna de produção cinematográfica, — quatro soldados devidamente fardados ao estilo mariners, — marcaram presença ao empunhar a bandeira americana, e ali permaneceram para dividir o palco com um coral que cantou trechos de algumas músicas e depois finalizou com a execução do hino americano.

Um a um, os astros foram anunciados com seus nomes mostrados em um telão, enquanto entravam no palco. Mais tarde, cada um deles fez sua apresentação individual.

Vários nomes importantes como Branch Warren, Toney Freeman, o vencedor do The Phoenix Pro 2010, Melvin Anthony, Phil Heath, Dexter Jackson, Ronny Rockel, o samurai Hidetada Yamagishi, e é claro o campeão do ultimo ARNOLD CLASSIC 2009, Kai Greene defendendo o seu título, estavam por lá, para abrilhantar este fantástico evento.

RONNY ROCKEL - Ficou em sexto lugar, com grande simetria e proporção. Estava realmente com muita qualidade no geral, seus ombros pareciam bolas de boliche evidenciando grande separação entre ombro e braço. Também mostrou um bom volume de pernas. Esse cara merece destaque, esteve muito bem no top six!

Ronny Rockel

TONEY FREEMAN - O mais alto e mais pesado dos competidores, pegou o quinto lugar, apresentou uma bela linha, muito bem equilibrada com grande definição. Sua apresentação fluiu bem, com boas poses, e fiquei surpreso por sua colocação, acredito que terceiro, se não segundo estariam a sua altura. Vale lembrar que Toney foi o competidor mais velho deste campeonato, com idade de 43 anos.

Toney Freeman

DEXTER JACKSON -  Ficou em quarto lugar e muito desapontado. Não esteve em sua melhor forma. Apesar de boa definição, suas pernas pareciam um pouco menores, e seu posterior de perna não mostrava muito detalhe. Ao lembrar que todos os detalhes são extremamente analisados pelos árbitros, começo a pensar se, ele já não estaria meio cansado desta brincadeira. Enfim, vamos ver como ele virá mais para frente.

Dexter Jackson

BRANCH WARREN - Terceiro lugar para este texano. E parece que o público não gostou muito quando seu nome foi anunciado nesta colocação. Este também veio bem trincado, posterior de perna bem marcado, assim como o seu super quadríceps, eu sinceramente gostaria de ver maiores detalhes em suas costas, acho que é um dos únicos pontos que lhe falta. Fez uma apresentação forte, com música clássica e depois trocou para o estilo hard rock. Aliás, Branch tem se destacado nas últimas competições, no último Olympia ficou em segundo, perdendo para Jay Cutler.

Branch Warren

PHIL HEATH - Com um físico incrível, ficou em segundo lugar com ótima separação entre os grupos musculares, veio grande, com muita densidade, e braços que penso terem sido talvez um dos melhores do show. Outro ponto importante foi à cor de sua pele, que certamente ajudou e muito na análise dos árbitros. Como eu disse acima, — os detalhes são muito importantes. Definitivamente Phil Heath vem com tudo para o próximo Olympia.

Phil Heath

KAI GREENE - Após fazer a defesa de seu título, reafirmou-se novamente como campeão! Estava realmente fantástico no geral, sua perna parecia ter vindo de outro planeta, fibrada no máximo, ao estilo Andreas Munzer, e inclusive com um super posterior muito bem desenvolvido. Dorsais que saiam praticamente de sua cintura, (aliás, pra quem não sabe, ele teve uma ajudazinha especial de Dorian Yates), nos treinamentos de costas para este campeonato. Sempre com poses diferentes, em sua apresentação, desta vez ele inventou uma parada de mão apoiando os pés na parte do fundo do palco. Nesta hora até pensei: quase que o Kai "cai, sô" Desculpem o trocadilho, mas não resisti. Agora vamos analisar outro detalhe interessante: o "coque" que ele usa, estilo Chico Cesar cantando Mama África... fala sério. Enfim, com "coque" ou sem "coque" foi o grande campeão da noite, e merece todo o mérito. Só quero ver o que vai rolar no próximo Olympia. Jay que se cuide muito bem, se não tchau, tchau.

Kai Greene

OUTROS COMPETIDORES

HIDETADA YAMAGISHI - Mais uma vez apresentou um belo shape, que, aliás, esteve até melhor do que no campeonato THE PHOENIX PRO duas semanas antes do ARNOLD CLASSIC onde ficou com a segunda colocação, atrás de Melvin Anthony. Desta vez o samurai ficou em oitavo lugar

Hidetada Yamagishi

MELVIN ANTHONY -   Nono para o marvelous, que neste campeonato esteve um pouco retido no geral. Esperava vê-lo no top six, mas desta vez não chegou trincado o suficiente. Talvez tenha relaxado sua dieta um pouco demais após a vitória no THE PHEOENIX PRO.

Melvin Anthony

ROELLY WINKLAR - Em sua primeira vez no ARNOLD CLASSIC, mostrou o seu valor ficando em sétimo lugar, tem bom conjunto, especialmente braços e pernas. Porém vejo que deveria dar mais atenção as poses, para exibir toda a qualidade de seu físico.

Roelly Winklar

As premiações foram às seguintes:

Ronny Rockel, Sexto lugar recebendo 10 mil dólares.

Toney Freeman, quinto lugar recebendo 15 mil dólares.

Dexter Jackson, quarto lugar recebendo 30 mil dólares.

Branch Warren, terceiro lugar recebendo 50 mil dólares.

Phil Heath, segundo lugar recebendo 75 mil dólares.

Kai Greene, primeiro lugar recebendo 130 mil dólares.

Houve ainda mais duas premiações que foram: O mais musculoso e o melhor posador.

Branch Warren recebeu o prêmio de O MAIS MUSCULOSO

E Kai Greene levou o de MELHOR POSADOR

Porém, nas poses, ao assistir o ARNOLD CLASSIC, notei que o Kai Greene fez poses diferentes com algumas acrobacias que eu ainda não tinha visto nenhum outro atleta fazer. E isso para o público foi show de entretenimento.

Kai Greene

Melvin Anthony não mudou muito, começou com um estilo clássico e terminou com alguns passos de dança.

Agora em questão de poses mais bem executadas, com belas transições (passagem de uma pose para outra) sem dúvida o samurai Hidetada Yamagishi, mostrou que tem talento e habilidade como poucos. Sua apresentação fluiu bem, exibiu poses clássicas, alinhadas e com muito estilo. Em meu ponto de vista penso que o prêmio de melhor posador deveria ficar com ele!

Confiram as apresentações que selecionei para vocês nos links abaixo e tirem suas próprias conclusões:

Kai Greene

Melvin Anthony

Hidetada Yamagishi

Depois de ter visto todos esses colossos, fico imaginando como eles iram chegar no próximo Mr. Olympia. Kai Greene já mostrou que dará dor de cabeça para Jay se estiver super trincado, simétrico e volumoso, e ainda temos o Branch Warren, Dexter Jackson, Toney Freeman, Phil Heath, entre outros! Pois é amigos, Jay Cutler mais uma vez terá que se superar para manter seu reinado. Vamos aguardar para ver o que acontece.

Concluindo, este foi com certeza um evento memorável, não só para o fisiculturismo, como para o esporte em geral. Extremamente bem organizado, e de muito bom gosto, com muitas atrações, e premiações. Acredito que todas as pessoas que lá estiveram durante todos aqueles dias, certamente foram presenteadas com muitas horas de lazer e entretenimento, e sem dúvida retornarão no próximo ano. Um forte abraço a todos e até a próxima.