quarta-feira, 11 de abril de 2012

RIVALIDADE ARNOLD X SÉRGIO Oliva




Em qualquer esporte que se pratique, quando acontecem as grandes rivalidades, o esporte é elevado em muito, notadamente no quesito emoção. O mundo do bodybuilding não foge a regra: Grimek/Reeves, Reeves/Park, Scott/Pole, Arnold/Franco, Haney/Gaspari foram alguns dos duelos que ocorreram. Contudo, um foi de especial interesse, sendo que até hoje ainda existem discussões sobre quem era o melhor. Sérgio x Arnold

Sérgio trouxe para o mundo do bodybuilding um nível de forma e massa jamais visto. Escalou o ranking muito rapidamente. Após ter sido vitorioso no Mr.Junior América, em 1965, ganhou o América, Mr.Mundo e Mr.Universo num curto espaço de tempo. Em 1967 ganhou o Mr.Olympia, com somente uma fração do físico que o caracterizaria. No ano de 1968, Sérgio entra para competir no Olympia sendo considerado imbatível, quem poderia vencer " o mito"? Bem, talvez um novato vindo da Áustria, chamado Arnold Schwarzenegger

Em 1969,Arnold havia sido levado aos Estados Unidos, por Joe Weider que viu em Arnold, uma enorme possibilidade de vendas. Tanto Sérgio como Arnold, pouco dominavam o inglês, porém pesava o fato de Sérgio, além de negro, ser originário de um país comunista, por isso o interesse de Joe em Arnold, no quesito marketing. No Olympia deste ano, Arnold sofreria a derrota que o levaria a dar uma impressionante volta por cima. Arnold havia sido derrotado por Oliva.

Em sua autobiografia (1977) ,Arnold diz: "Pela primeira vez eu conheci Sérgio em pessoa, passei a entender então o porque de o chamarem de "o mito". Sérgio destrui-me, era enorme, era fantástico, não havia a menor chance de bate-lo

Um novo confronto estabeleceu-se em 1970,desta vez ,após um selvagem período de treinos, Arnold sai vitorioso. Arnold diz: "Quando Sérgio apresentava-se no palco, eu não tirava meus olhos dele, seguia cada movimento seu, porém não mudaria minha coreografia.

Em 1972, o que Arnold tanto temia, estava voltando, ainda maior, devido seus treinos com Arthur Jones, "O Mito", ameaçava de forma clara o reinado de Arnold. Quando Arnold vislumbrou Sérgio nos bastidores do Mr.Olympia deste ano (Essen - Alemanha), teve calafrios semelhantes ao que sentira ao ver Sérgio em 1969, Neste evento, numa decisão por 4 votos a 3,Arnold sai vitorioso, contudo até hoje existem pessoas que contestam esta decisão.

Sérgio, considerando uma injustiça sua derrota, passou a competir no WBBG e na WABBA. Porém em 1983,com 43 anos, Sérgio volta a competir no IFBB, porém sua participação não foi boa, obtendo um oitavo lugar. A partir deste ano, Sérgio pois fim a sua fenomenal carreira.

SÉRGIO E ARTHUR JONES

Em Deland (Flórida) Arthur teve seu primeiro contato com Sérgio, convidando-o a dar sua opinião sobre suas maquinas, para isso convidou-o para voar até Daytona para testa-las. Após estes testes, achou-as completamente diferentes das maquinas regulares. Nesta ocasião, Athur propôs a Sérgio que usa-se uma de suas rotinas supervisionadas por ele. O que foi aceito.

Sérgio iniciou sua rotina com as pernas, a mesma foi feita de tal forma que que não seria possível realizar qualquer outra repetição. A rotina iniciou-se com agachamento até a falha muscular, depois Jones o colocou na maquina de agachamento Nautilus, esta combinação foi um inferno para Sérgio. Depois disso, Sérgio fez supino com barra seguido pela Nautilus Chest Machine, posteriormente mais exercícios para o corpo.

Em uma rotina legendária, Sérgio treinou logo sem seguida a Casey Viator, executando uma rotina de corpo inteiro. Sérgio pensou que não conseguiria cumprir as rotinas por muito tempo, porém segundo sua próprias palavras: "Quando você continua indo, dia após dia, sua força, sua resistência e determinação aumentam, em muito".


O fato de Sérgio ter um braço maior que a cabeça, ocorreu justamente no período de seu treinamento com Jones, em 1972.

Perguntado sobre sua opinião a respeito de Arthur Jones, Sérgio disse: "Qualquer coisa que eu venha a falar sobre Arthur será boa, talvez seja ele, o único homem honesto que eu encontrei no bodybuilding...."