terça-feira, 22 de maio de 2012

Dicas para manter a dieta em restaurantes árabe, japonês e italiano


Macarrão ao sugo é uma boa pedida no restaurante italiano. Crédito: Getty Images.
Como conciliar dietas restritivas e convívio social? Para fugir das tentações dos restaurantes, não adianta se trancar em casa. Isso só gera ansiedade e depressão. Para que o emagrecimento seja eficaz e duradouro, é preciso se engajar em um regime que não exija abrir mão de encontros com amigos e experiências gastronômicas prazerosas. Quer algumas dicas? Veja só as sugestões de  Antonio Herbert Lancha Jr., professor da Escola de Educação Física e Esporte da USP.
No restaurante árabe
• Troque a colhada pelo homus. Em 100g, a primeira opção contém 147 calorias, já a segunda, 158. Além disso, o homus possui grão-de-bico, leguminosa rica em vitaminas do complexo B. Sua casca é fonte de fibras, que regula o funcionamento do intestino e gera saciedade, diminuindo a fome.
• Cuscuz marroquino ou charutinho de uva? Prefira o primeiro. Apesar de mais calórico (100 g contêm 94 calorias contra 81 do charutinho), ele é melhor porque contém 20% menos gordura!
No restaurante japonês
• Você gosta de sushi? Prefira o atum (21 calorias) ao salmão (28 calorias). Apesar de ter uma gordura considerada boa, o salmão deve ser consumido com moderação. Sua quantidade de gordura é elevada em comparação a outros peixes e frutos do mar.
• Pode comer yakissoba? Sim! Dê preferência ao de legumes (112 calorias) ao invés do feito com carne (179 calorias), que é bem mais gorduroso. Não é necessário ingerir sempre proteínas de origem animal em todas as refeições. Há ótimas opções vegetarianas, como o feijão.
No restaurante italiano
• Dá para incluir uma massinha no menu? Com certeza. Escolha o macarrão ao sugo (118 calorias). O molho de tomate é rico em licopeno, inibidor das células cancerígenas. Fique longe do macarrão à matriciana (175 calorias), que é feito de bacon, um poço de gordura saturada.
• Risoto também é uma boa opção. O mais light é o feito de legumes, como os aspargos, que tem 117 calorias. Fuja dos feitos com queijos amarelos, que são ricos em gorduras saturadas. Uma porção de 100g  pode chegar a 150 calorias! E evite o inocente queijo ralado que o garçom oferece para espalhar no prato.