quinta-feira, 21 de junho de 2012

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Fisiculturista Katka Kyptová


Imagem
Altura: 1,68
Idade:  29
Origem: Republica tcheca
Peso em competição:  70  a  75 kgs
Peso em off-season : 87kgs


Imagem



Imagem



Imagem


Imagem


Imagem




Imagem


Imagem

Imagem






 

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Jack3d Foi Proibido pela FDA (ANVISA dos EUA)


Suplementos alimentares com o estimulante DMAA (1,3-dimethylamylamine) são proibidos pela FDA por risco de ataque cardíaco



No dia 18/5/2012 percebemos que o suplemento alimentar mais controverso de todos os tempos não estava mais à venda numa das maiores lojas do mundo de suplementos alimentares, a famosa Bodybuilding.com


Assim que verificamos a situação entramos em contato com o site Bodybuilding. Até o momento não obtivemos resposta. No site da USP labs, fabricante do Jack3d, não encontramos nada a respeito.
Resolvemos aprofundar nossas pesquisas e achamos a resposta: A FDA – U.S. Food and Drug Administration (agência reguladora norte-americana semelhante à nossa ANVISA), encaminhou a todas as fabricantes de produtos com 1,3-dimethylamylamine (ou methylhexanamine ou geranium extract ou DMAA) uma carta de alerta por falta de evidências em torno da segurança da substância estimulante.
Veja a seguir quais foram os fabricantes notificados e por quais suplementos alimentares:

Company Product(s)
 Exclusive SupplementsBiorhythm SSIN Juice
 Fahrenheit NutritionLean Efx
 Gaspari NutritionSpirodex
 iSatori Global Technologies, LLCPWR
 Muscle Warfare, Inc.Napalm
 MuscleMeds Performance TechnologiesCode Red
 Nutrex ResearchHemo Rage Black
Lipo-6 Black Ultra Concentrate
Lipo-6 Black
Lipo-6 Black Hers Ultra Concentrate
Lipo-6 Black Hers
 SEI PharmaceuticalsMethylHex 4,2
 SNI LLCNitric Blast
 USP Labs, LLCOxy Elite Pro
Jack3D

Fonte: http://www.fda.gov/NewsEvents/Newsroom/PressAnnouncements/ucm302133.htm
A princípio, as cartas de alerta enviadas pela FDA não proibem as vendas dos suplementos alimentares atingidos pelo alerta, mas o contéudo das cartas é rígido. Nelas a FDA avisa que antes de vender produtos ao consumidor, o fabricante tem o dever de apresentar estudos que demostrem a segurança das substâncias, e nenhuma evidência nesse sentido teria sido apresentada pelas marcas de suplementos notificadas. Isso quer dizer, em outras palavras, que a venda não seria permitida.
Segundo a FDA, a substância DMAA estreita as veias e artérias do organismo, provocando aumento da pressão arterial e colocando em risco o sistema cardiovascular, aumentando as chances de falta de arangina e ataque cardíaco.
Ademais, a FDA alertou os fabricantes que a DMAA sintética não pode ser enquadrada como “dietary ingredient” (ingredientes de suplementos alimentares devem ser: vitaminas, minerais, aminoácidos, ervas ou outras plantas, substâncias para complementar uma dieta alimentar humana, ou uma variação dessas substâncias alimentares).
A agência de vigilância sanitária norte-americana deu 15 dias para que as fabricantes de suplementos alimentares se manifestem sobre os alertas.
É bom anotar que no mês passado nós publicamos uma matéria (Jack3d é Seguro!) que tratava de um estudo patrocinado pela USP labs a fim de desmentir os boatos de que o Jack3d causava mal à saúde.
Agora resta saber se a FDA vai achar que os estudos contratados pela USP labs são suficientes para demonstrar que o uso do estimulante DMAA não oferece riscos à saúde. Além disso, não poderão ser incluídas nos suplementos substâncias sintéticas, a DMAA terá que ser obtida da planta flor-de-gerânio.


Será que os suplementos alimentares com DMAA vão vingar? Será que a substância estimulante DMAA é realmente segura como capitaneou a USP labs? Enquanto não temos resposta, permaneceproibida nos EUA a venda dos suplementos alimentares com DMAA, por serem considerados impróprios para consumo, em razão da falta de evidências de segurança.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

ENTREVISTA COM MAITÊ BUENO… O SEU INÍCIO NO FISICULTURISMO


NOME: Maitê Bueno  /  Brasileira, natural de Ribeirão Preto, interior de São Paulo

ESTATURA: 1.67
PESO: Off:60/58 – Pre:56/54
INICIOS…
Meu inicio na carreira de atleta aconteceu de forma inesperada. Eu nasci e morei minha vida inteira no interior de São Paulo, em Ribeirão Preto, e lá fui bailarina clássica dos 3 aos 19 anos. Depois desse período resolvi deixar a dança, com toda a dedicação da qual eu despendia e comecei a praticar musculação, com o intuito de não ficar parada, apenas até encontrar uma alternativa de esporte da qual me adaptaria, visto que não gostava muito de treinar.
Com o tempo fui me apaixonando pela musculação, porém sem pretensões maiores. Foi quando me mudei para São Paulo, no início de 2010 que me aproximei do fisiculturismo de fato, ao iniciar meus treinos na academia First Personal Studio. Assim que pisei lá, ouvi de muitos profissionais, atletas que lá treinavam e amantes do fisiculturismo que eu tinha perfil para o esporte, até então desconhecido por mim.
Assim comecei a frequentar campeonatos para conhecer melhor, o que foi muito positivo, principalmente por estar ao lado do Roberto Bueno, que hoje é meu marido – meu namorado nessa época – visto que o mesmo era árbitro, então quando terminava um campeonato ficávamos horas discutindo, juntamente a outros profissionais, vendo vídeos, fotos.
Pude aprender um pouco com o lado técnico do esporte – e busco até hoje aprender mais e mais. Fiquei encantada, porem continuei treinando quase que o ano todo sem fins competitivos. Foi quando, em meados de novembro de 2010, meu marido Roberto Bueno, o Fernando Marques e a Andrea Carvalho insistiram para que eu entrasse no campeonato Biodelta daquele ano (2010) que aconteceria em 15 dias. Fiquei muito nervosa, não sabia se era isso mesmo que eu queria e ainda estava perdida quanto a dieta… Nunca havia feito de forma tão regrada e dedicada como os atletas desse esporte, porém resolvi enfrentar e deu tudo certo! Venci e senti aquele esporte que tanto me atraia de outro lado: preparando-me dia a dia e no palco, do qual eu tinha tanta saudades da minha época de bailarina! Desde então não parei mais.
Estou desde essa época realizando campeonato atrás de campeonato, e muito feliz com isso! Cada preparação, cada competição é um novo aprendizado …venho crescendo muito como pessoa e atleta desde que iniciei essa carreira. Hoje já são nove campeonatos no total e 13 títulos! Não poderia desejar outra coisa! As vezes nem acredito que isso está acontecendo comigo. Muitas fichas ainda não caíram…Estou muito feliz e já não consigo ver minha vida sem o fisiculturismo!
SE INSPIROU EM ALGUM ATLETA?
Destaco três que muito me ajudaram, inspiraram, além de eu ter o privilégio de ter convivido e aprendido pessoalmente: Paulo Lima (que é meu cunhado); Andrea Carvalho e Lucas Di Santi.  Atualmente minha lista como fã é extensa.
Diria que do lado masculino admiro demais os eternos Steve Reeves, Serge Nubret, Frank Zane,Lee Labrada, Flex Wheeler, Ronnie Coleman, Edson Prado, Paulo Lima, Charles Mario, Kai Greene,Jay Cutler, Phil Heath, etc.
Quanto ao lado feminino destaco Rachael McLish (devemos muito a ela!), Davana Medina, Monica Brant, Cindy Phyllipis, Maria Kuzmina, Erin Stern, Dana Linn Bailey,  etc, mas a minha maior musa e inspiração é a belíssima italiana Giovanna Rosa.
Uma pena não poder mais vê-la competir pessoalmente! Sem dúvida o físico que mais me atrai no esporte, fico horas vendo seus vídeos e não me canso, físico super completo, simétrico, com cortes incríveis, logicamente que é um padrão diferente dos dias atuais. Uma pena, pois gostaria muito de ver se conseguiria chegar nem que fosse um pouquinho perto daquela maturidade e qualidade muscular! Lindíssima!
ALIMENTAÇÃO…
A minha alimentação varia muito de uma preparação para outra, e mesmo no dia a dia. Tenho o privilégio conviver, literalmente morar com meu preparador, meu marido Roberto Bueno. Assim as mudanças são diárias, de acordo com o físico. Porém posso dizer o básico, aquilo que é padrão e não muda nunca: como de 2h30min a 3h, dividindo basicamente no dia 60% a 70% de proteína, 30% a 20% de carboidrato e 10% de gordura e tomo uma media de 6 litros de água/dia.
Além disso me suplemente com BCAA, glutamina, Vitamina C e E e Gaba.
PRINCIPAIS FONTES DE PROTEÍNA:
São frango, clara e Whey Protein (embora existam outras, como o peixe e a carne vermelha magra)
CARBOIDRATO…
Consumo basicamente batata doce, arroz (integral, tailandês, branco), bolacha de arroz, canjica, abóbora, e mandioca.
FONTE DE GORDURA
Utilizo castanhas e óleo de coco. O que não pode faltar nunca é uma boa salada e a pipoca, lógico. Sempre consumo uns dois saquinhos de microondas por dia, mesmo um dia antes de competir!
ÚLTIMO CAMPEONATO:
foi pela NPC o Jay Cutler Classic em Boston. Fui campeã Overall da categoria Figure.
Nesse momento estou me preparando para outros campeonatos da NPC, visto que estou me mudando, junto a meu marido, para os EUA. Vou unir o útil ao meu maior sonho, buscar o profissionalismo!
OBJETIVO ATUAL:
É o mesmo desde o início: buscar me profissionalizar no esporte! Estou trabalhando muito para isso junto ao meu marido, Roberto Bueno e ao meu outro técnico, meu cunhado Paulinho Lima!
Atualmente, por conta do padrão PRO que temos observado, meus treinos são baseados em exercícios funcionais, para todas as partes do corpo. Deixei um pouco de lado a musculação pesada e dou mais ênfase em exercícios com muita intensidade e sem tempo para descansar.
São treinos que variam dia a dia com um tempo curto de duração. Minha prioridade agora é o cardio. Faço bastante exercício aeróbico! D
CAMPEONATOS:
Atualmente tenho acumulados 9 campeonatos e 13 títulos, são eles:
1st Copa Biodelta NABBA
1st Copa Sulsudeste NABBA
1st Campeonato estreantes NABBA
1st Campeonato PAULISTA NABBA
1st Campeonato BRASILEIRO NABBA
1st Campeonato WORLDCHAMPION NABBA
1st Campeonato MR. UNIVERSE
1st Campeonato ESTREANTE IFBB
1st Campeonato NPC CLASSIC JAY CUTLER
Além dos campeonatos conquistei mais 4 importantes títulos:
1.- Fui campeã Overall no Campeonato Brasileiro da Nabba 2011, primeira vez e única, até o momento, na qual houve essa disputa na categoria Toned.
2.- No Mr. Universe da Nabba ganhei o título de melhor postura de palco (pose e coreografia), entre todos os atletas da noite.
3.- Ganhei da NABBA Brasil o Premio “MELHORES DE 2011″ na categoria “TONED”. Fiquei muito emocionada, pois foi onde tudo começou e onde pude aprender e crescer muito como atleta e pessoa!
4.- Overall – Jay Cutler Classic, já competindo na categoria Figure.
GOSTARIA DE AGRADECER A ALGUÉM?
Agradecer enormemente a vocês da Muscular Development Latino Magazine pela oportunidade de divulgar um pouquinho nosso trabalho. Ao meu marido e preparador Roberto Bueno pelo apoio e dedicação em todos os sentidos e ao meu outro técnico e grande amigo, Paulo Lima. Além da minha família e alguns amigos (eles sabem quem são… rsrsrs), pois sem eles eu não seria nem metade do que sou hoje!
FINAL…
Finalizo com uma frase do Serge Nubret que sintetiza muito bem o que um grande atleta desse esporte carrega consigo, em minha opinião:
“Bodybuilding is not just about physical training with weights to change how you look. It´s also about mind, spirit and body, together in union so that everything grows, not just your muscles”.
Serge Nubret

POR Víctor Luna, MD Latino Brasil equipe

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Os benefícios de uma dieta rica em selênio


Os benefícios de uma dieta rica em selênio

selênio é um micronutriente essencial para a maioria das formas de vida, é um poderoso antioxidante, estimula o sistema imunológico e ajuda no equilíbrio do hormônio ativo da glândula tireóide.
Além disso, protege o coração pois reduz a viscosidade do sangue, diminuindo o risco de coágulos, consequentemente, de ataques cardíacos e AVC. Quando a dieta é pobre e deficiente em alimentos que possuem selênio os sintomas percebidos são dores musculares, fadiga e fraqueza muscular, também podem ser observadas manchas brancas nas unhas
Mas como obter todos os benefícios desse nutriente? Simples, é só abusar dos alimentos ricos em selênio, como frutos do mar e peixes, fígado, carne e aves. Uma das maiores fontes de selênio do Brasil é a castanha do Pará, que contém grande dose do mineral. O consumo de duas unidades supre as necessidades do dia todo. "Esta oleaginosa é rica também em fósforo e cálcio, além de conter as vitaminas A, C, B1, B2 e B5", complementa a personal gourmet Raquel Sena.

Conheça com detalhes as propriedades e os benefícios do selênio:

Antioxidante - O selênio é um mineral que participa da formação de enzimas de ação antioxidante. Também melhora a utilização da vitamina E, importante na neutralização dos radicais livres. Assim atua retardando o processo de envelhecimento e prevenindo doenças cardiovasculares.
Imunidade - Na deficiência de selênio é observada maior produção de substancias pró-inflamatórias por nosso corpo. Assim o sistema imunológico fica sobrecarregado e mais fraco. O uso de selênio tem papel no bom funcionamento do sistema imunológico, evitando gripes, infecções e viroses.
Tireóide - O consumo adequado de selênio, zinco e iodo está relacionado ao bom funcionamento da tireóide. Estudos mostram que a deficiência de selênio pode reduzir a conversão dos hormônios da tireóide, de T4 em T3, que é a forma mais ativa do hormônio.
Câncer - Pesquisas indicam que a deficiência de selênio aumenta o risco do desenvolvimento de câncer de pulmão, próstata e ovários. Já o consumo adequado está relacionado à menor risco de câncer de intestino, próstata, ovário e leucemia. O consumo se torna ainda mais importante em casos de pessoas com histórico familiar de câncer. O selênio auxilia na prevenção.
Detox - O selênio melhora o trabalho do fígado na eliminação de toxinas. Ajuda inclusive a eliminar metais pesados como mercúrio e cádmio que estão relacionados a doenças neurodegenerativas como Alzheimer.

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Cauã Reymond segue dieta de lutadores para manter a boa forma


Cauã Reymond

Na pele de Jorginho, Cauã Reymond tem arrancado suspiros da mulherada não só pelo jeito romântico do personagem, mas pela boa forma do ator. Em uma entrevista ao site oficial da novela "Avenida Brasil", Cauã contou que o corpo sarado é resultado de uma alimentação que tem como princípio a combinação de alimentos, e não o controle de calorias. "Me baseio na dieta Gracie para me alimentar. Por exemplo, tomo cuidado para não misturar carne branca com carne vermelha, se como arroz e feijão, não como batata", revela o astro ao site da novela.

A dieta foi criada pelo famoso mestre de artes marciais Carlos Gracie e não proíbe a ingestão de nenhum alimento em específico, apenas os combina de forma a permitir uma digestão mais eficiente.

Cauã Reymond
Outro elemento fundamental para cuidar do corpo é o exercício. Cauã tem o surfe como hobby, além de fazer musculação, natação e, sempre que tem um tempinho, corre na praia.
Para interpretar o jogador de futebol, o ator conta como se preparou fisicamente. "Fiz uma operação no quadril no ano passado, então, precisei fazer uma preparação especial para poder começar a jogar bola. Tive um trabalho específico com meu médico e com a fisioterapeuta para preparar minha musculatura", explica ao site de "Avenida Brasil".

Mas como também é de carne e osso, ele admite ter seus momentos de gula: "Sempre comi bem, desde adolescente sabia o que era bom, e o que era ruim. Mas também enfio o pé na jaca de vez em quando".

terça-feira, 5 de junho de 2012

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Atleta itabirano fisiculturista se destaca em Minas Gerais


Como já dizia o ditado: "De onde menos se espera é que vem", a nossa reportagem foi surpreendida pela descoberta em Itabira, mais precisamente no bairro Nova Vista/Bela Vista, de um jovem atleta que se destaca em Minas Gerais como uma das promessas do Fisiculturismo Nacional.



























Guarde este nome “Edilson Ferreira”. Ele já treina há mais de 15 anos e como morador de um bairro da periferia, se orgulha muito de suas origens.

O jovem atleta que se destaca dos demais, conta que não foram poucas as vezes em que encontrou as portas fechadas pelo simples fato de ser de uma região carente da cidade. Não contando o preconceito inerente das pessoas pelo fato de praticar um esporte que não é paixão nacional como o futebol, mas que reúne milhares de praticantes e admiradores em todo o país.
O treino: Com muita garra e uma determinação, que é estar entre os melhores, treinando cerca de 3 a 4 horas por dia, com uma alimentação balanceada e o principal, sem utilizar de subterfúgios para ficar com os músculos perfeitos, "Dilsin" como é conhecido pelos amigos desde criança, fala do prazer em dividir com os alunos de sua academia no bairro João XXIII os conhecimentos adquiridos nos últimos anos.
Sem patrocínio, mas com muita disponibilidade, Dilsin vai disputar no próximo sábado e principalmente levar o nome de Itabira no Campeonato Mineiro de Fisiculturismo, seletiva para a fase nacional.
No passado já subiu ao pódium duas vezes como vice-campeão de sua categoria. O jovem não é de reclamar nem falar muito, o negocio dele é treinar bastante, mas falou a nossa reportagem que se tivesse um patrocino que o ajudasse com a alimentação, transporte e outras despesas básicas, ficaria mais fácil para ganhar as disputas.
Quem deseja conferir a performance do itabirano e como gosta de ser lembrado “do morador da periferia”, pode ir até a Academia Performance onde treina todos os dias, localizada á rua Afonso Arinos, número 23, no bairro João XXIII ou ligar e marcar uma aula no (31) 3831-6136.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Alimente sua saúde


Comer é um grande prazer, além de dar energia para aguentar o tranco do dia a dia e fazer funcionar a complexa engrenagem que é o organismo. Graças à ciência, uma categoria de alimentos ganhou o nome de funcionais e adicionou mais um benefício às escolhas corretas que você faz: proteger seu corpo contra doenças. Se você ainda não ouviu falar deles, vai encontrar aqui motivos de sobra para incluí-los em sua lista de compras



Em abril, a Organização Mundial da Saúde divulgou o primeiro relatório sobre doenças não transmissíveis. Apenas em 2008, 36 milhões de pessoas morreram por doenças crônicas como as cardiovasculares e o câncer. Antes que você pense que estamos jogando um balde de água fria no seu bom humor e desista de ler esta reportagem, deixamos claro que as notícias a seguir são das melhores. É que você mesma pode ajudar a evitar muitos desses problemas, apenas escolhendo os alimentos corretos.

Azeite de oliva, soja, peixes e iogurtes fazem parte da poderosa lista. Cada vez mais pesquisas relacionam o consumo desses e de outros itens à prevenção de doenças cardíacas, câncer, envelhecimento, problemas intestinais e até sintomas da menopausa. Por causa desses estudos, tais alimentos ficaram conhecidos como funcionais. "São ingredientes que, além da função nutricional básica, podem alterar seu metabolismo e produzir efeitos benéficos à saúde", diz a nutróloga Jocelem Salgado, professora de nutrição do Departamento de Agroindústria, Alimentos e Nutrição da Esalq/ USP, em Piracicaba. "Não é cápsula, não é tablete, é alimento."

Não estamos sugerindo montar um cardápio lotado apenas de azeite e peixe, o que seria uma grande loucura! "Primeiro, porque os mesmos alimentos diferem. O tomate de uma região da Europa pode ser extraído e preparado de uma forma que não seja a mesma do daqui", explica o nutrólogo Celso Cukier, do Hospital São Luiz, em São Paulo. Conta também o fato de que todas as características do seu modo de vida (por exemplo, a sua vida sedentária) influem na maneira como os alimentos agem no corpo, ou seja, eles podem funcionar melhor com a sua amiga — ou com os gregos, aqueles sortudos que vivem sem tensões nas ilhas do Mediterrâneo! E, finalmente, saiba que esses alimentos não são milagrosos. "Eles só são capazes de oferecer benefícios quando a dieta é correta", lembra o nutrólogo José Alves Lara Neto, da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran).

"Isso inclui ainda reduzir o consumo de comidas que competem com eles", diz Cukier. Na prática, significa: comer aquela colherada forçada de arroz integral só uma vez por mês e se encher de azeite uma vez por semana não funciona — no segundo caso, você pode até passar mal. Também não vale comer peixe se você continuar ingerindo gorduras em excesso ou tomar 1 taça de vinho se exagerar no sal. Ainda assim, dá um grande alívio saber que parte do trabalho de prevenir doenças pode ser de nossa responsabilidade, não?

Nós contamos tudinho o que você precisa saber sobre o que os principais "ingredientes" desses alimentos podem fazer pela sua saúde. Fica a dica: antes de incluir itens no cardápio, ou excluí-los, procure um nutricionista ou nutrólogo, que poderá analisar o seu perfil e criar uma dieta personalizada, que atenda às suas reais necessidades. Bom apetite!

Peixes marinhos

• Quantidade recomendada: 180 g por dia, o equivalente a 2 filés pequenos.
• Como incluir na dieta: assados ou cozidos, trazem mais benefícios para o coração do que fritos, salgados ou secos, explicaram cardiologistas em um congresso da American Heart Association de dois anos atrás.

Salmão, sardinha, atum, cavala. Não à toa, o principal "ingrediente", o ômega 3, virou moda. Estamos falando de ácidos graxos, que não são sintetizados por nosso corpo e que, por isso, são obtidos com a alimentação. "Eles participam de diversos processos fisiológicos, como a melhora da gordura do sangue, ação antioxidante e melhor funcionamento do sistema imunológico", diz a nutricionista Andrea Andrade, da RG Nutri, em São Paulo. Apesar de estudos realizados com ratos já terem associado essas substâncias à destruição de tumores, o maior benefício mesmo é para a saúde do coração. É que eles ajudam a reduzir os níveis de triglicérides e as placas de gordura nas veias e artérias, que são responsáveis por causar doenças. Uma revisão de estudos realizados ao longo dos últimos 30 anos e publicada no Journal of the American College of Cardiology confirmou que há evidências de sobra de que o ômega 3 não apenas ajuda a prevenir arritmias, aterosclerose e infartos em pessoas saudáveis como também reduz a incidência de eventos cardíacos e de mortalidade em pacientes com doenças preexistentes. Outro estudo feito com esquimós do Alasca (que consomem 20 vezes mais ômega 3 do que qualquer habitante de outro estado americano) sugere que o alto consumo dessas gorduras pode ajudar a prevenir doenças crônicas relacionadas à obesidade. Há vantagens adicionais sendo estudadas: a Universidade Harvard, nos EUA, investigou a relação entre alimentação e endometriose e chegou à conclusão de que, enquanto a gordura trans tem efeito negativo, o ômega 3 é positivo.

Soja

• Quantidade recomendada: 150 g de grãos de soja diários ou 1 xíc. (chá).
• Como incluir na dieta: utilize a proteína como substituto da carne animal ou, dependendo do produto, como se fosse leite.

Diversas substâncias presentes na soja estão relacionadas à saúde e ao bem-estar feminino. É o caso das isoflavonas. "Elas têm a estrutura química semelhante à do estrógeno humano e, por isso, são também chamadas de fitoestrógeno. Mas sua ação é mais suave, de mil a 100 mil vezes menor", explica Andrea. Quando absorvidas, atuam como estrógenos fracos e atenuam os sintomas da menopausa, como fogachos, irritabilidade, insônia, depressão, ressecamento vaginal. "As isoflavonas da soja também contribuem para a manutenção da saúde do sistema nervoso", acrescenta Jocelem Salgado. Tem mais: elas valem a pena porque reduzem os riscos de câncer de útero, ovário e mama (um estudo apresentado numa conferência sobre câncer nos Estados Unidos mostrou que mulheres que consumiam índices elevados de isoflavona tinham risco até 30% menor de ter um tumor invasivo na mama) e aumentam a eficácia da radiação para exterminar o câncer de pulmão, de acordo com um estudo publicado no periódico Journal of Thoracic Oncology. E não é que a soja está relacionada ainda à saúde cardíaca? Graças a isoflavonas, proteínas e fitoesteróis. As primeiras ajudam a diminuir os níveis de colesterol, a proteína inibe a enzima que produz o colesterol e o fitoesterol diminui a absorção dele.

Você sabia?
Ingredientes importantes para nossa saúde, como os fitoesteróis, podem ser adicionados a alimentos industrializados para enriquecê-los e turbinar seus benefícios. Um exemplo é a linha Becel Pro.Activ, da Unilever. Esses alimentos estão registrados na Anvisa como funcionais porque apresentaram ao órgão estudos que comprovam sua eficácia na redução dos níveis de colesterol quando consumidos regularmente.

Suco de uva integral

• Quantidade recomendada: 300 ml ao dia, o equivalente a 1 copo e meio.
• Como incluir na dieta: beba nos lanches (da manhã ou da tarde).

A uva escura é outra artista que faz bonito por causa da ação de substâncias antioxidantes presentes especialmente em sua casca e em suas sementes. "O resveratrol e a quercetina estão relacionados à redução do risco de doenças cardiovasculares e à inibição da formação de câncer, coágulos e inflamações", diz Carlos Basualdo, nutricionista clínico do Hospital Sírio- Libanês, em São Paulo. O resveratrol, por exemplo, age diminuindo a viscosidade do sangue e prevenindo, assim, a formação de coágulos capazes de levar a problemas cardíacos sérios. Um estudo com ratos de laboratório da Universidade de Michigan, nos EUA, mostrou que os fitoquímicos presentes na fruta têm potencial para reduzir danos ao músculo cardíaco. Também vale lembrar que a uva é fonte de vitamina C e dos minerais ferro e potássio, portanto combate o envelhecimento precoce, e tem uma ótima quantidade de fibras, que contribuem para o bom funcionamento do intestino.

Você sabia?
O vinho tinto também possui propriedades antioxidantes benéficas para o coração. No entanto, como se trata de uma bebida alcoólica, beba em quantidade menor do que o suco. Os especialistas recomendam 1 taça (240 ml) ao dia. O jantar é a melhor opção. Afinal, você não precisa voltar ao trabalho depois!

Frutas vermelhas

• Quantidade recomendada: 1 ou 2 xíc. (chá) das frutas, 300 ml do suco e 1 col. (sopa) de geleia por dia.
• Como incluir na dieta: o suco pode ser consumido nos lanches, a geleia no café da manhã e nos lanches e as frutas a qualquer hora (inclusive na forma de picolés e doces).

Framboesa, amora, mirtilo e o bom e velho morango. Além de ficarem lindas em sobremesas (e mesmo puras), essas frutas são totalmente do bem. Ricas em vitamina C, superimportante para manter a pele jovem e saudável, elas têm ácido elágico, potente para o sistema imunológico. Outra: "Essas frutas têm flavonoides, compostos com efeito antioxidante, ou seja, que tem ação sobre a formação de radicais livres e a diminuição dos níveis de LDL [o colesterol ruim]", esclarece Basualdo. O mirtilo, por exemplo, tem antocianinas, que podem contribuir para evitar a pressão alta, responsável por problemas cardíacos e derrames, afirma um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition, e combater a aterosclerose, segundo um trabalho do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos. E as boas notícias não param por aí: o mirtilo pode melhorar a memória em idosos e ser um grande aliado no combate ao excesso de peso. Um estudo realizado com ratos na Texas Woman’s University, nos EUA, concluiu que os polifenóis da fruta podem ajudar a combater o desenvolvimento de células de gordura e também levar à quebra desse nutriente.

Chá verde

• Quantidade recomendada: de 4 a 6 xíc. por dia.
• Como incluir na dieta: beba quente ou frio, no café da manhã, nos lanches da manhã e da tarde e na ceia ou então alguns minutos após as refeições.

O chá verde, que é produzido da Camellia sinensis, contém catequinas, antioxidantes que combatem os radicais livres. Entre as suas propriedades está também a de se ligar a compostos que blindam as células cerebrais, protegendo contra Alzheimer e demência, diz uma pesquisa da Universidade de Newcastle, no Reino Unido. E vale saber que, associados à cafeína presente no chá, eles ajudam a acelerar o metabolismo, o que contribui para a perda de peso. Um estudo publicado no European Journal of Cardiovascular Prevention and Rehabilitation mostrou que ele melhora a função celular do sistema circulatório (a disfunção faz a aterosclerose progredir), boa evidência de que ele pode ser nota 10 para a saúde cardíaca. E tem mais: estudos recentes mostram que ele pode proteger seus olhos contra o glaucoma e outras doenças da visão.

Aveia

• Quantidade recomendada: 40 g de farelo de aveia por dia.
• Como incluir na dieta: basta salpicar em iogurtes e frutas ou usar no preparo de bolos e biscoitos.

Quer cuidar do coração, combater o envelhecimento precoce e ainda turbinar o corpo com minerais e vitaminas? Coma aveia. Ela possui um tipo de fibra solúvel chamado betaglucana, que reduz a absorção do açúcar. É tão poderosa que, nos Estados Unidos, os fabricantes estampam nos rótulos que ela faz bem ao coração. Uma revisão de estudos realizados nos últimos 15 anos, conduzida na Universidade de Kentucky, nos EUA, confirmou: todos os trabalhos mostraram que o consumo de aveia diminui os níveis totais de colesterol, bem como o LDL — e sem efeitos adversos no HDL! Por isso, reduz o risco de pressão alta. Como é integral, pode ser consumida como auxiliar em dietas para perda de peso. Mais vantagens: a aveia carrega poucas calorias e gorduras, além de fornecer vitaminas, especialmente as do complexo B, e minerais, como manganês, selênio, fósforo e magnésio, e contém compostos que têm função antioxidante.

Linhaça

• Quantidade recomendada: 1 col. (sopa) cheia por dia.
• Como incluir na dieta: prefira a versão dourada e adicione a sucos, vitaminas e iogurte. Compre a semente e triture para ter os benefícios.

A linhaça merece nossas palmas. Reúne minerais (ela possui mais potássio que a banana!), proteínas e vitaminas, inclusive a E, que combate o envelhecimento precoce e doenças degenerativas. Tem fibras, que fazem seu intestino funcionar numa boa e turbinam a saúde cardíaca. É também rica em ômega 3, que ajuda a reduzir o colesterol ruim e a manter seu coração batendo nos trinques. Para completar, a linhaça possui uma substância chamada lignana, que se conecta a receptores celulares e funciona como uma versão "falsa" do hormônio estrógeno. Ou seja, é uma ajuda de peso no conturbado período da menopausa. E uma pesquisa da Universidade de Toronto, no Canadá, mostrou que a semente consegue barrar a metástase em pacientes com câncer de mama.

Probióticos

• Quantidade recomendada: pelo menos, três vezes por semana.
• Como incluir na dieta: consuma iogurtes e leites fermentados com os micro-organismos.

Você cresceu vendo os comerciais de TV: adicionados a iogurtes e leites fermentados, esses micro-organismos chegam vivos ao intestino, onde se reproduzem. A consequência mais famosa é fazer com que o intestino trabalhe como um reloginho. Mas os probióticos vão além e fazem um bem danado ao sistema imunológico, porque eles impedem que bactérias e outros organismos nocivos se reproduzam e comprometam a saúde. Um estudo sueco mostrou que os probióticos são capazes de proteger pacientes em estado grave de pneumonia, impedindo que micróbios colonizem suas vias respiratórias. Haja força! E o mundo científico segue a todo vapor: alimentos com esses micro-organismos podem ajudar a tratar a síndrome do intestino irritável. Um estudo espanhol identificou um novo tipo de bactéria probiótica que pode ajudar a tratar úlceras, e, nos Estados Unidos, pesquisadores concluíram que os probióticos podem ser uma maneira de aumentar a eficácia de vacinas contra o rotavírus, causador de diarreia.

Regra para os industrializados

A gente sabe que comer alimentos naturais é sempre a melhor opção. Mas sabe também que o seu dia a dia é uma corrida contra o tempo: trabalho, estudos, academia e filhos. O resultado é que muitas vezes a gente se vê obrigada a lançar mão da praticidade. Para escolher bem os alimentos industrializados que coloca na sua mesa, vale conhecer alguns conceitos importantes. Para ostentar no rótulo o selo de que possuem propriedades funcionais, os industrializados devem seguir a legislação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), incluindo apresentar ao órgão uma série de estudos que comprovem suas propriedades. "Isso não significa que os outros não possam trazer benefícios também, especialmente aqueles com selos de entidades como Associação Brasileira de Nutrologia, Sociedade Brasileira de Cardiologia ou Sociedade Brasileira de Pediatria", diz o nutrólogo José Alves Lara Neto. Mas atenção: fique sempre de olho também na quantidade de sódio, gorduras e calorias de um produto para evitar problemas.