quarta-feira, 25 de julho de 2012

Que tal um corpo assim?

Atletas do vôlei de praia revelam o segredo para manter a (boa) forma.















Larissa é apontada como o corpo mais bem esculpido de todo o circuito mundial de vôlei de praia


Invejadas pelas mulheres “comuns”, as jogadoras do vôlei de praia têm um corpo impecável. Para elas, manter a forma faz parte do trabalho, mas não deixa de ser um enorme esforço. São horas de treinamento, dieta rígida e muita disciplina. Afinal, quando o uniforme não passa de um biquíni, qualquer gordurinha fora do lugar fica bem à mostra. Então, qual o segredo?
A campeã mundial Juliana Silva acredita que é possível “uma mortal” ficar tão em forma quanto uma atleta, mas que é necessário muita determinação. “Tem que manter uma dieta equilibrada e uma rotina de exercícios bem rígida”, diz. Ela diz ter uma ajudinha da genética, pois sempre teve dificuldade para engordar.
A companheira de Juliana, Larissa França, apontada por muitos como o corpo mais bonito do circuito mundial, concorda com a colega. “É importante ter acompanhamento de nutricionista e educador físico”, conta. A dupla, que joga junta desde 2004, já está se preparando para as Olimpíadas de Londres.
Rotina cruel
Jogar vôlei de praia profissionalmente consome todo o tempo e a energia das atletas. Além do exercício e da dieta, é muito importante manter-se hidratada e proteger-se do sol. “No meu tempo livre, gosto de praticar o ‘nadismo’”, brinca Juliana, ressaltando a importância do descanso na vida do atleta de alto rendimento. 

Para a geração mais nova de atletas, o treinamento também é árduo. A atual campeã da categoria sub-21, Carolina Horta, treina de segunda a sábado, por cerca de cinco horas por dia. Para quem quer manter a forma como a delas, Carolina avisa, “É muito cansativo, precisa de muita força de vontade e comprometimento”. A companheira de treino de Carolina, Luana Benício, acrescenta, “É importante se alimentar bem, comer bastante fruta”.
O corpo “sarado” e bronzeado das jogadoras parece um sonho alcançável. Precisa ter força, dedicação e autocontrole. Dieta restrita, muito exercício e muita, muita, disciplina, são as dicas das atletas para que todas possam, também, ter um corpo de causar inveja. E a, vai encarar?
 É POSSÍVEL SER MUSA
Meta
As moças mais disciplinadas e dispostas a sacrifício têm como chegar ao corpo perfeito. Mas vão ralar um bocado.

Refeições 
Ao longo do dia, as atletas têm pelo menos cinco refeições importantes para fazer. Todas balanceadas e calculadas









BANCO DE DADOS