Falta de técnica no treinamento pode machucar. Nick Tumminello, da Universidade Performance (EUA), mostra 4 exercícios que exigem cuidado e as melhores substituições.
Cuidado: Remada alta com pegada fechada com barra. “Usar pegada fechada gera tensão e aumenta o risco de os músculos
e tendões ficarem presos na articulação dos ombros.”
Experimente Segure a barra na frente das coxas com as palmas para trás e afastadas na largura dos ombros. Flexione os cotovelos e puxe o peso até o peito, elevando a parte superior dos braços.

Cuidado: Tríceps no banco. Parece um exercício mais fácil, mas posicionar os braços atrás do corpo cria muita tensão nos ombros. Usar pesos só aumenta o perigo.
Experimente Fique em posição de flexão, com as mãos numa largura menor que a dos ombros. Desça o corpo até quase encostar o peito no chão. Faça uma pausa e levante.


Cuidado: Rotação sentado na máquina. “Seus quadris e ombros são desenhados para girar como um conjunto. Se você rotaciona um e o outro não, sua coluna pode pagar o preço com uma lesão.”
Experimente:  Prenda uma corda na polia alta, segure com as duas mãos e fique de lado. Sem flexionar os cotovelos, puxe a corda na diagonal passando pela frente do corpo e volte.



Cuidado: Supino sentado na máquina. Seu corpo não é perfeitamente simétrico, então, forçar as duas metades dele em trajetórias idênticas pode ser um passo para que ele reclame.
Experimente: Deite num banco e segure um par de halteres acima do peito com a palma das mãos para cima. Flexione os cotovelos e abaixe os pesos ao lado do peito. Faça uma pausa e erga-os.

por Michael Easter
Fonte: http://menshealth.abril.com.br/fitness/academia/cresca-sem-dor/